Siga-nos nas Redes Sociais


Curiosidades

Você realmente sabe reciclar? – Mega Curioso

Publicado

dia:

Você realmente sabe reciclar? - Mega Curioso

A cada ano que passa, os seres humanos produzem mais e mais lixo. Isso significa que muita coisa pode permanecer degradando o nosso meio ambiente se não for separada corretamente e receber o devido tratamento. Por esse motivo, o hábito da reciclagem é um dos mais importantes que precisamos levar para as nossas vidas no futuro.

E o que isso significa? A reciclagem é o processo de coleta e processamento de materiais que seriam descartados como lixo comum, mas que podem ser transformados em novos produtos. Logo, reciclar acaba sendo um benefício para a comunidade local, a economia de um país e para o nosso meio ambiente. A seguir, nós separamos algumas dicas sobre o que você deve ou não fazer durante a separação de lixo. Veja só!

Leia também: 4 mentiras sobre a reciclagem do plástico que você sempre ouviu

Guardanapos e papel toalha usado(Fonte: Pixabay)

Embora o papel seja um dos segmentos de lixo que pode e deve ser reciclado, um grande erro entre as pessoas é acreditar que é possível reciclar guardanapos e papel toalha usados. Porém, esses são itens que não podem ser reaproveitados de jeito nenhum e precisam entrar para a lista de lixo orgânico.

O motivo? Depois que esses produtos são molhados ou sujados, eles perdem completamente suas propriedades de reciclagem. A motivo pelo qual a separação das fibras de celulose do papel é feita com água e, caso o líquido não consiga penetrar no papel para enfraquecer a ligação entre as suas fibras, torna-se impossível reciclá-lo.

Para piorar a situação, esses são lixos descartados com grande frequência e com uso de poucos segundos, enquanto a produção de cada um deles exige uma grande quantidade de matéria-prima. De acordo com o Instituto Akatu, a produção de 1 kg de papel virgem requer pelo menos 540 litros de água — nada saudável para o planeta, né?

Reciclagem de isopor

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

O poliestireno, conhecido popularmente como isopor, é um material 100% reciclável. Mesmo assim, pouquíssimas pessoas têm ideia disso. Sendo assim, você pode reciclar uma peça de isopor juntamente de outros tipos de plástico sem o menor problema. A unida dificuldade, no entanto, é que o manejo desse material não é tão simples assim.

Como o isopor é um produto muito leve, o processo de manuseio e eficiência nos resultados da reciclagem são um tanto quanto prejudicados. De todo modo, atualmente existem máquinas recicladoras capazes de tirar todo o gás presente no poliestireno e compactá-lo. 

Reciclagem de roupas

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Se você está insatisfeito com suas roupas no armário ou simplesmente elas não cabem mais em você, a última coisa que você deve fazer é jogá-las no lixo. Por quê? Pois essas peças são extremamente recicláveis e servem de inúmeros propósitos. Por exemplo, doar paga alguma instituição carente que repasse essas vestimentas para pessoas necessitadas é uma forma eficiente de reciclagem.

Caso as roupas estejam muito degradadas e impossibilitadas de serem usadas por outra pessoa, você pode mantê-las dentro de casa e transformá-las em pano de chão. Por fim, existem até mesmo algumas empresas que conseguem transformar essas peças em novos produtos, como bolsas, toalhas e tapetes.

Itens da indústria têxtil liberam bastante dióxido de carbono e metano quando estão dentro do lixão — o que contribui muito para o efeito estufa. Portanto, a melhor solução sempre será encontrar formas de reutilizá-los.

Situações específicas

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Normalmente, sacolas e embalagens plásticas, produtos eletrônicos, baterias, óleos e produtos têxteis não podem ser colocados nas lixeiras de reciclagem encontradas na rua. Para isso, é necessário toda uma separação especial e pesquisa com o fornecedor de reciclagem local para saber o que realmente deve ser feito com esses objetos.

No fim das contas, itens não recicláveis podem contaminar toda uma carga de produtos separados corretamente. Por consequência, isso faria com que toda essa leva fosse jogada fora e os níveis de poluição ambiental aumentassem consideravelmente. 

Fonte: Mega Curioso

Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS