Siga-nos nas Redes Sociais


Brasil

Valor da produção agropecuária de 2022 está estimado em R$ 1,207 trilhão

Publicado

dia:

Valor da produção agropecuária de 2022 está estimado em R$ 1,207 trilhão

O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) de 2022 está estimado em R$ 1,207 trilhão. O resultado, que foi obtido com base nas informações de agosto, representa uma ligeira tendência de queda de 0,3%, em relação ao ano passado. Na comparação com 2021, o VBP das lavouras teve redução de 1,7%, enquanto a pecuária caiu 4,4%. 

A diminuição de preços das carnes bovina, suína e de frango levaram ao recuo do valor da produção de 2022. Na pecuária, leite e ovos foram a exceção nesse grupo. Os produtos apresentaram alta de 2,7% e 3,9%, respectivamente. 

 

O especialista em finanças Marcos Melo entende que a alteração não é significativa. Segundo ele, apesar da redução, o Brasil tem mostrado evolução no setor, principalmente com a utilização de novas tecnologias que ajudam no desenvolvimento do agronegócio nacional. 

 

“Ao longo dos últimos anos, o Brasil se desenvolveu bastante na sua agricultura e pecuária também, isso fruto de pesados investimentos em tecnologia. Existe muita tecnologia para se desenvolver variedades de culturas diferentes, que não estavam originalmente associadas a solo e climas como os do Brasil. Hoje, somos um exemplo para o mundo inteiro de como se pode investir em tecnologia, para gerar maior produção agrícola e assim poder alimentar o Brasil e outros países do mundo”, destaca. 

Empresários da indústria dizem que agenda econômica do presidente eleito deve priorizar redução de impostos e reforma tributária

IBC-Br: “prévia do PIB” cresce 1,17% em julho, segundo Banco Central

 

A soja também contribuiu para a queda do VBP.. O principal fator associado à diminuição do faturamento foi o decréscimo da produção, já que os preços médios do ano não mostram sinais de redução. Para o complexo soja, formado por grãos, farelo e óleo, as exportações dos seis primeiros meses de 2022 geraram uma receita de US$ 43,78 bilhões, e as carnes, US$ 14,6 bilhões.

 

A maior parte dos produtos analisados apresentou contribuição positiva para a formação do VBP. Confira os resultados baixo:

 

  • Algodão (27,7%) 
  • Banana (13,6%)
  • Batata inglesa (13,8%) 
  • Café (35,9%) 
  • Cana de açúcar (10,2%)
  • Mandioca (9,2%) 
  • Milho (13,9%) 
  • Tomate (23,8%)
  • Trigo (40,4%)  

 

Outros com menor destaque são amendoim, feijão, mamona e mandioca. Os produtos dessa relação representam 52,5% do VBP total. 

 

Os resultados regionais mostram a liderança de Mato Grosso, Paraná, São Paulo e Minas Gerais na geração de valor na agropecuária. Em valores absolutos o montante é de R$ 642,9 bilhões, que representam 53,2% do VBP total.

 

Fonte: Brasil 61

Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS