Siga-nos nas Redes Sociais


Saúde

Um ano após anúncio da Butanvac, testes ainda caminham para fase 2 | Saúde

Publicado

dia:

Um ano após anúncio da Butanvac, testes ainda caminham para fase 2 | Saúde

Reprodução

Dez milhões de doses da Butanvac estão paradas no Instituto Butantan

Um ano depois do anúncio da vacina Butanvac pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB)
, o imunizante enfrentou obstáculos nos testes iniciais em humanos e está com dez milhões de doses paradas no Instituto Butantan.

De acordo com o diretor do Instituto, Dimas Covas, o ensaio clínico precisou ser remodelado com o avanço da vacinação no Brasil. A Butanvac, agora, é avaliada como um reforço, o que não era esperado pelo governo paulista, que encomendou milhões de doses em abril de 2021 — que correm o risco de ter a validade expirada.

Além disso, devido ao atraso na realização de testes clínicos, tornou-se mais difícil encontrar voluntários que ainda não haviam recebido nenhuma vacina para compor o grupo de estudos.

O instituto, então, ampliou os centros de teste, incluindo participantes de outros estados, como Minas Gerais
, e mesmo assim teve dificuldades para encontrar os cerca de 400 voluntários iniciais.

Nove meses após a autorização dos testes, os primeiros resultados da Butanvac na fase 1 feitos na Tailândia foram divulgados e a vacina se mostrou segura e induziu resposta imune de maneira semelhante à da Pfizer.

De acordo com Covas, os resultados da fase 1 realizada no Brasil, com 320 voluntários, foram concluídos com “resultados satisfatórios” no final de janeiro.

Esses resultados, porém, ainda não foram divulgados oficialmente.

Em comunicado, o Butantan disse que o desenvolvimento do imunizante caminha para a fase 2, tendo este ano como previsão de conclusão. “A fase 1 foi encerrada e os dados ainda estão em análise, mas os resultados preliminares são positivos. (…) Há o potencial de produzir aproximadamente dez milhões de doses, dependendo dos dados finais da fase 1”, escreveu.

Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS