Siga-nos nas Redes Sociais


Últimas Notícias

Três torcedores do São Paulo são indiciados por confusão em estação de trem

Publicado

dia:

Ação da polícia contra golpes de aplicativo de namoro termina com três mortes em SP


Segundo a SSP, torcedores da equipe paulista tentaram agredir os rivais e atiraram pedras, rojões, bombas e divisores de fluxo de passageiros

Divulgação/SSP-SP Caso é investigado pela Delegacia de Repressão aos Delitos de Intolerância Esportiva

A Polícia Civil indiciou três torcedores do São Paulo devido a um tumulto na estação Pinheiros, na zona oeste da capital paulista. A confusão ocorreu após a partida entre a equipe paulista contra o Vasco, no Morumbi, no sábado, 20, pela 7ª  rodada do Campeonato Brasileiro. A partida terminou com vitória dos paulistas por 4 a 2. Segundo a Secretaria de Segurança de São Paulo (SSP), as torcidas organizadas das duas equipes estavam sendo escoltadas pela Tropa de Choque da Polícia Militar e por agentes da concessionária que administra as linhas 8 e 9. O ônibus que levava torcedores do Vasco teria tido uma falha mecânica e parou na Marginal Pinheiros e foram vistos pelo são paulinos que estavam na estação.

Publicidade

De acordo com a SSP, os são paulinos tentaram agredir os rivais e na sequência incitaram violência contra funcionários da estação, atirando pedras, rojões, bombas e divisores de fluxo de passageiros. Segundo a pasta, a circulação dos trens precisou ser paralisada por quase 40 minutos. Ninguém ficou ferido. Três suspeitos foram detidos e conduzidos para o 14º DP , em Pinheiros. Eles prestaram depoimento e foram indiciados pelos crimes de perigo de desastre ferroviário, incitação de violência e tentativa de lesão corporal. Os vascaínos foram contidos pela Polícia Militar (PM) e o ônibus seguiu o trajeto.

“Nós vamos responsabilizá-los não só pela briga, pela provocação de tumulto, mas também por associação criminosa, por eles estarem reunidos para praticar esse tipo de crime, se a gente tiver a comprovação de que isso foi realmente premeditado e combinado entre as torcidas.” explicou o delegado Cesar Saad, em coletiva realizada na sede do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope). Ainda segundo a SSP, o caso é investigado pela Delegacia de Repressão aos Delitos de Intolerância Esportiva (Drade). Imagens do circuito de monitoramento da estação estão sendo analisadas para identificar mais torcedores envolvidos na confusão. Também foram solicitados exames periciais ao Instituto Médico Legal (IML) e ao Instituto de Criminalística (IC).


Fonte: JOVEM PAN

Siga o portal Grajaú News no Google Notícias e no Canal do Telegram.

Publicidade


#grajaunews @grajaunews #grajau #saopaulo

Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE