Siga-nos nas Redes Sociais


Bairros

Trens das Linhas 8 e 9 têm circulação afetada em mais uma manhã de falhas na operação.

Publicado

dia:

Aglomeração e revolta de passageiros por conta de nova manhã de falhas nos trens das linhas 8 e 9 — Foto: Reprodução/TV Globo

Linha 8 – Diamante operaram com velocidade reduzida e maior tempo de parada entre as estações Imperatriz Leopoldina e Presidente Altino. Já na Linha 9-Esmeralda, os trens circularam somente entre as estações Grajaú e Presidente Altino. Às 7h50, operação foi normalizada.

Os trens das Linha 8 e 9 tiveram a circulação afetada na manhã desta segunda-feira (28) em mais um dia de transtornos na operação da ViaMobilidade.

De acordo com a concessionária responsável pelas linhas, devido à falha no sistema de alimentação elétrica entre as Estações Imperatriz Leopoldina e Presidente Altino, desde as 4h a Linha 8-Diamante operou com velocidade reduzida e maior tempo de parada nas estações, com trens circulando por via singela (via única) entre as duas estações.

O problema foi resolvido às 6h52, mas a situação só foi normalizada às 7h50.

Passageiros embarcam em vagões lotados na manhã desta segunda (28) — Foto: Reprodução/TV Globo
Passageiros embarcam em vagões lotados na manhã desta segunda (28) — Foto: Reprodução/TV Globo

Já na Linha 9-Esmeralda, os trens circularam somente entre as estações Grajaú e Presidente Altino.

Usuários com destino à estação Osasco precisaram utilizar a Linha 8 -Diamante.

Aglomeração em estação da Linha 8 - Diamante  — Foto: Reprodução/TV Globo
Aglomeração em estação da Linha 8 – Diamante — Foto: Reprodução/TV Globo

As Linhas 8 e 9 do transporte sobre trilhos registram um aumento nos problemas técnicos desde que operação deixou de ser da gerenciada pela CPTM, após a concessionária ViaMobilidade assumir a gestão.

Furtos de cabos, falhas de energia entre outras razões têm provocado, semanalmente, transtornos aos passageiros, que enfrentam plataformas e vagões abarrotados, além de horas de espera para embarcar.

Por dia, cerca de 500 mil passageiros utilizam a Linha 8-Diamante. Já a Linha 9-Esmeralda atende aproximadamente 600 mil pessoas diariamente.

Multa de R$ 4,3 milhões

A concessionária ViaMobilidade pode receber multas de até R$ 4,3 milhões por conta da sucessão de falhas ocorridas nas linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda do transporte sobre trilhos de São Paulo, que registraram mais de 30 problemas nos últimos meses.

Em reunião realizada com representantes da Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM) da prefeitura, a empresa foi notificada “em razão de descumprimentos de procedimentos operacionais e da interrupção da prestação do serviço”.

Em nota, a secretaria destacou que a concessionária tem um prazo de 15 dias para manifestação e apresentação de defesa.

“Após a finalização dos processos administrativos, a pasta poderá aplicar as sanções cabíveis”, disse a secretaria.

Ainda segundo a pasta, a ViaMobilidade apresentou “ações urgentes e imediatas que serão adotadas para mitigar as falhas operacionais ocorridas nas últimas semanas”.

Morte e batida

No início do mês, na Linha 8, um trem com passageiros batendo contra barreira de proteção na Estação Júlio Prestes em SP. Vídeo mostra o momento do acidente.

Semanas após o acidente, a concessionária informou que ele foi provocado por falta de acionamento do freio. O operador foi desligado da empresa.

Na Linha 9 – Esmeralda, um funcionário morreu enquanto fazia a manutenção de um transformador.

Publicidade
Clique e Comente

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS