Siga-nos nas Redes Sociais


Últimas Notícias

Suspeito de atirar no metrô de Nova York pode receber pena de prisão perpétua, informa promotor

Publicado

dia:

Suspeito de atirar no metrô de Nova York pode receber pena de prisão perpétua, informa promotor

Preso nesta quarta, Frank James será acusado de diversos crimes, disse o responsável pela parte processual do caso

ANGELA WEISS / AFPEquipe de emergência trabalha perto do local do tiroteio em uma estação de metrô em Nova York

Frank R. James, suspeito de realizar um ataque a tiros no metrô de Nova York na terça, 12, pode ser condenado a prisão perpétua por múltiplas acusações, informou nesta quarta, 13, Breon Peace, promotor federal para o Brooklyn, região da cidade onde o crime ocorreu. Em coletiva de imprensa realizada após a detenção de James, Peace relatou que algumas das acusações serão de uso de uma arma perigosa para causar morte e ferimentos graves a passageiros e funcionários no sistema de metrô e de violar lei federal que proíbe terroristas e outros ataques violentos contra sistemas de transporte de massa. O promotor ainda acrescentou que seu escritório pretende provar que “James viajou e transportou materiais através de uma divisa estadual para cometer o crime”, o que aumentaria a pena.

Na coletiva de imprensa, os oficiais de polícia relataram terem descoberto o paradeiro do suspeito através de uma dica anônima recebida no sistema “CrimeStoppers” de que ele estaria num McDonald’s. “Os policiais foram ao McDonald’s, mas ele não estava lá. Eles começam a dirigir pelo bairro procurando por ele, e o viram na esquina da St. Marks [Place] com a First [Avenue] e o prenderam”, disse Kenneth Corey, chefe de departamento da Polícia de Nova York. James se tornou suspeito após investigadores identificarem a chave de uma van, perdida entre objetos do atirador – o veículo havia sido alugado no Estado vizinho da Pensilvânia no nome dele e estava próxima a uma estação de metrô. Ele teria, supostamente, aberto fogo em outra estação no Brooklyn, disparando 33 tiros e ferindo ao menos 23 pessoas; nenhuma morreu.

Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS