Siga-nos nas Redes Sociais


Bairros

Surto de Covid-19 deixa São Paulo em alerta e UTIs podem atingir 90% de ocupação

Publicado

dia:

UTIs correm risco de lotação. Foto: Reprodução

A nova onda da Covid-19 levou o governo paulista a ligar sinal de alerta para a necessidade de acionar novos leitos de UTI. Médicos que aconselham o governador João Doria (PSDB) já falaram no risco de a ocupação atingir 90% nas próximas semanas, caso o ritmo de novos casos se mantenha.

O estado tinha nesta segunda-feira (10) 1.567 pacientes em UTI e 3.100 em enfermaria. A taxa de ocupação de leitos em unidades de terapia intensiva estava em 35% na média do estado e em 42% na região metropolitana da capital. Uma semana antes, os índices eram de, respectivamente, 25% e 32%.

O diagnóstico de que, se a disseminação do vírus continuar alta, será preciso rever o plano de leitos em São Paulo tem sido compartilhado nos bastidores por especialistas que dão consultoria ao governo. Uma das avaliações é a de que as próximas duas semanas serão decisivas. Com informações da Folha.

Secretário da Saúde pede atenção por nova alta da Covid-19

“Temos que ter atenção, não preocupação. É estar atento aos números e à velocidade das internações”, afirma o secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn. Ele afasta a hipótese de colapso, mas diz não descartar a possibilidade de reativar leitos. “As redes do estado possuem capacidade operacional.”

“Tivemos um aumento, uma ocupação mais significativa. Estamos atentos à necessidade de ampliação de leitos em determinadas regiões. O acompanhamento é diário, para que possamos tomar alguma medida estratégica eventual”, acrescenta.

Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS