Siga-nos nas Redes Sociais


Saúde

SP vai exigir comprovante de vacinação para todos os eventos na cidade

Publicado

dia:

© Breno Esaki/Agência Saúde

A partir da próxima segunda-feira (10), todos os eventos realizados na cidade de São Paulo terão que exigir o comprovante de vacinação. “Tínhamos um protocolo inicial que apontava que eventos com mais de 500 pessoas deveriam exigir o passaporte. Estamos fazendo essa alteração em função do quadro epidemiológico que a cidade vive hoje. Enquanto existir esse quadro de ascensão da variante Ômicron na cidade, vamos exigir para qualquer evento a necessidade do passaporte”, disse o secretário municipal da saúde de São Paulo, Edson Aparecido.SP vai exigir comprovante de vacinação para todos os eventos na cidadeSP vai exigir comprovante de vacinação para todos os eventos na cidade

Desde dezembro, a cidade de São Paulo vem observando um aumento grande no número de casos e de internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG), o que engloba os casos de covid-19 e de gripe Influenza. O aumento foi provocado pelo aparecimento da variante Ômicron e também pelo surgimento de outra variante da H3N2.

Segundo a prefeitura, só ontem 53 mil pacientes procuraram os serviços de saúde da capital paulista por causa de problemas respiratórios. Por causa desse aumento, o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, determinou que todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e as unidades de Assistência Médica Ambulatorial (AMAs) abram também aos sábados.

Hoje (6), a prefeitura anunciou o cancelamento do carnaval de rua. Os desfiles de escolas de samba deverão ser mantidos, mas uma reunião ainda será realizada com a Liga das Escolas de Samba para acertar detalhes sobre protocolos sanitários que precisarão ser cumpridos.

A prefeitura pede para que a população continue se vacinando. “A vacinação diminui o número de óbitos. É incontestável os dados técnicos de que a vacina salva vidas. A vacinação foi aumentando e os óbitos diminuindo. São Paulo, a capital mundial da vacina, teve uma redução muito grande do número de óbitos por conta da vacina”, disse o prefeito Ricardo Nunes.

Além disso, a prefeitura solicita que os moradores continuem cumprindo as recomendações sanitárias, tais como uso de máscaras e higienização das mãos, além de evitar aglomerações.

Edição: Valéria Aguiar Fonte: EBC Saúde

Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS