Siga-nos nas Redes Sociais


Bairros

Solicitação de RG é o serviço presencial mais procurado nos postos do Poupatempo

Publicado

dia:

Foto: Governo de São Paulo.

Busca pelo documento cresce no período de férias e atendimento deve ser previamente agendado

O RG é o documento de identificação mais solicitado no Poupatempo, representando aproximadamente 35% do total de atendimentos realizados pelos postos em 2021. Entre os meses de janeiro e novembro deste ano, o Poupatempo realizou 7,5 milhões de serviços presenciais, sendo mais de 2,6 milhões de emissões de RG, das quais 2,1 milhões foram de segundas vias. Só na capital paulista, dos 760 mil documentos solicitados, cerca de 640 mil foram de segundas vias.  

O RG não tem prazo de validade definido por lei, porém, para evitar fraudes, algumas instituições pedem que o documento esteja atualizado, emitido em no máximo 10 anos, pois o objetivo do documento é justamente identificar seu portador.  

Nos meses de férias escolares, como dezembro e janeiro, a demanda por novos RGs aumenta nos postos do programa. Para atender pessoas que tenham urgência na emissão do documento em caso de viagens dentro do Mercosul, o Poupatempo oferece atendimento para confecção de um RG emergencial nas unidades de Guarulhos e de Campinas Shopping, que ficam próximos aos grandes aeroportos internacionais de São Paulo.

Nesses casos, não é preciso agendar o atendimento, que pode ser feito dentro do prazo das 48 horas que antecedem a viagem, mediante apresentação de comprovante, como voucher de passagem aérea. O documento fica pronto em até duas horas e tem validade de 90 dias, a partir da data de emissão.   

“O documento de identificação é direito de todo cidadão e o Poupatempo oferece esse serviço aliando tecnologia e atendimento humanizado, com coleta biométrica das impressões digitais, foto e assinatura, sem pagar a mais por isso”, explica Murilo Macedo, diretor da Prodesp – empresa de Tecnologia do Governo de São Paulo que administra o programa Poupatempo no Estado. 

Por não ter idade mínima para ser emitido, é comum encontrar crianças fazendo o RG desde muito pequenas. Para isso, os atendentes do Poupatempo recebem um treinamento específico, incluindo o uso de brinquedos para chamar a atenção dos pequenos.

“Cada vez mais pais têm optado por fazer o RG de bebês, por ser um documento mais prático de ser apresentado do que a Certidão de Nascimento, e mais seguro, já que a criança pode ser identificada pela foto”, afirma o diretor da Prodesp. Neste ano, o programa atendeu 350 mil solicitações para crianças e menores de 18 anos. 

Para solicitar o documento, é muito simples. Basta agendar data e horário e comparecer no posto selecionado com a Certidão de Nascimento ou Casamento. Crianças menores de 16 anos devem estar acompanhadas de um dos pais ou responsável legal, com documento de identificação. 

A primeira via do RG é gratuita e a taxa da segunda via, que em 2021 é de R$ 43,64, também pode ser isenta em alguns casos, como para pessoas que se declararem pobres nos termos da Lei 7115/83. Para evitar deslocamentos, os cidadãos podem optar pelo recebimento do documento em casa, pelos Correios, mediante pagamento da taxa de R$ 9,09.  

Disponível para todos os cidadãos em qualquer idade, o documento estadual emitido pelo Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt (IIRGD), órgão da Polícia Civil de São Paulo, válido em todo o território nacional e em países do Mercosul, depende de atendimento presencial, na maioria das vezes em que se deseja emitir uma nova via, devido a atualização da imagem, coleta de digitais e assinatura.

Porém, quem já tem um RG emitido no Estado de São Paulo de 2014 até agora, pode usar os totens de autoatendimento, disponíveis em todos os postos do programa, shoppings e supermercados, além de estações de Metrô e da CPTM, para solicitar a segunda via.  

Vale lembrar que para fazer qualquer serviço presencial no Poupatempo é necessário agendar data e horário no portal  www.poupatempo.com.br ou no aplicativo Poupatempo Digital. O agendamento é pessoal e gratuito. Outros, quase 170 serviços, estão disponíveis nos canais eletrônicos e podem ser feitos quando e onde quiser, com conforto e segurança, na palma da mão. 

RG Digital 

Desde o agosto de 2020, o Instituto de Identificação “Ricardo Gumbleton Daunt”, disponibiliza o aplicativo RG DIGITAL DE SÃO PAULO para acesso à versão digital do “RG”. Além da própria carteira de identidade, o usuário também pode incluir as cédulas digitais de seus filhos em um único aparelho, tornando mais prática a apresentação dos documentos no caso de viagens realizadas com a família.  

Para obter a versão digital, basta baixar o aplicativo (disponível para Android e IOS) e ter em mãos o documento de identidade que tenha sido emitido após o ano de 2014, pois ele possui um QR CODE impresso no verso.

Depois de efetuar a leitura do código, o usuário faz o reconhecimento facial por meio da câmera do próprio celular, confirmando todos os dados junto base do IIRGD.  Desde que entrou em operação, o RG DIGITAL DE SÃO PAULO já foi baixado em mais de 1.000.000 dispositivos móveis. 

Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS