Siga-nos nas Redes Sociais


Últimas Notícias

Ruas no entorno do Mercado Municipal de Niterói (RJ) terão mudanças a partir da próxima segunda (20) » Diário do Transporte

Publicado

dia:

Ruas no entorno do Mercado Municipal de Niterói (RJ) terão mudanças a partir da próxima segunda (20) » Diário do Transporte

Linhas de ônibus que circulam pelo local terão desvios nos itinerários

WILLIAN MOREIRA

A partir da próxima segunda-feira, 20 de junho de 2022, ruas localizadas no entorno do Mercado Municipal de Niterói (RJ) vão sofrer mudanças nas direções de circulação.

As alterações promovidas pela NitTrans vão reordenar o fluxo de veículos na Avenida Washington Luís, via de ligação entre as avenidas Jansen de Melo e Feliciano Sodré, que passa a funcionar em sentido único.

Nas ruas Desidério de Olbeira, Presidente Castelo Branco e Santo Antônio, mudanças também serão feitas.

A Rua Desidério de Oliveira passará a operar em mão dupla em toda a sua extensão, e será implantado estacionamento nos dois lados da via. A Rua Presidente Castelo Branco continuará sendo mão única, porém seguindo em direção à Avenida Feliciano Sodré. Já a Rua Santo Antônio, paralela à Desidério de Oliveira, terá sentido único em direção à Avenida Washington Luís.

Por essa razão, as linhas de ônibus que antes acessavam a Washington Luís, deverão acessar a Rua Presidente Castelo Branco e depois a Rua Santo Antônio para, assim, cruzar a Avenida Washington Luís, saindo na pista da via que dá acesso à Avenida Feliciano Sodré. O ponto de ônibus na Rua Desidério de Oliveira será realocado para a Rua Santo Antônio.

O Mercado Municipal será inaugurado no segundo semestre deste ano e as alterações fazem parte de adequações que visam dar melhor fluidez ao trânsito e atender os passageiros dos ônibus.

A população em situação de rua que vive na região será abordada por agentes da assistência social para ações de acolhimento voluntário, ofertando a elas um abrigo mantido pela Prefeitura.

“Nossa equipe de abordagem social faz rondas preventivas com regularidade no local, como em outras regiões da cidade. Nossos técnicos fazem o cadastro para os benefícios socioassistenciais, verificam a necessidade de segunda via de documentação e também oferecem acolhimento institucional”, explicou o secretário municipal de Assistência Social e Economia Solidária, Elton Teixeira, em nota divulgada para a imprensa.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Fonte: Diario do Transporte

Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS