Siga-nos nas Redes Sociais


Curiosidades

Quanta radiação o corpo humano consegue suportar?

Publicado

dia:

Quanta radiação o corpo humano consegue suportar?


Você provavelmente já precisou passar por um exame de radiografia — também conhecido como raio X — e percebeu algo um tanto “suspeito”: na hora do procedimento, o profissional responsável se esconde atrás de uma parede de metal. Além disso, é comum que partes do nosso corpo sejam cobertas com protetores de chumbo.

Então isso significa que a radiação de procedimentos de radiografia pode nos matar? É mesmo perigoso passar pelo raio X? Bom, não necessariamente.  

Publicidade

Quanta radiação suporta o nosso corpo?

(Fonte: Shutterstock)

É importante destacar que, sim, raios X são nocivos ao corpo humano. Em grandes doses, a radiação pode levar a óbito, mas isto não quer dizer que uma pessoa passando por uma radiografia vai desenvolver câncer ou morrer. Seria necessária uma grande carga de radiação para impactar nossas células de forma letal.

Além disso, para que realmente houvesse um grande impacto na nossa saúde, seria preciso ser exposto a doses excessivas de radiação ionizante por longos períodos. Mas mesmo isto, é claro, varia muito de pessoa para pessoa. Se duas pessoas forem expostas à radiação solar na praia ou na piscina pelo mesmo tempo, elas provavelmente vão “se queimar” de formas diferentes. Cada organismo funciona à sua própria maneira e responde a diferentes fatores de maneiras distintas.

Publicidade

Falando em Sol, vale ressaltar que essa radiação cósmica faz parte do nosso cotidiano e atinge nosso corpo diariamente. No entanto, esse tipo de radiação é diferente daquela usada na radiografia e, por isso, podemos suportar uma exposição bem maior. Assim, além da quantidade de radiação, podemos inferir que o tempo de exposição também é um fator de risco.

O raio X dos dentistas é seguro?

(Fonte: Unsplash)(Fonte: Unsplash)

A boa notícia é que sim, é bastante seguro passar pelo raio X do dentista ou qualquer outro exame de radiologia. Ainda que estejamos sendo bombardeados com radiação, a quantidade não é tão alta e o tempo de exposição também é aceitável, então, o procedimento não é perigoso para o paciente. Ênfase em “paciente.” Afinal, embora você e eu precisemos passar pelo exame ocasionalmente, o profissional radiologista é potencialmente exposto a cargas maiores e por mais tempo.

É por esse motivo que para nós, pacientes, apenas um protetor de chumbo tampando parte do corpo é suficiente para que o procedimento seja feito em segurança, principalmente se não há necessidade de fazer vários exames de radiologia em um curto espaço de tempo.

Publicidade

Enquanto isso, o radiologista precisa se esconder atrás de uma parede de metal justamente porque é seu trabalho realizar vários exames, aumentando assim sua potencial exposição aos raios X — portanto, demandando maior segurança contra a radiação.


Fonte: Mega Curioso

Siga o portal Grajaú News no Google Notícias e no Canal do Telegram.

#grajaunews @grajaunews #grajau #saopaulo

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE