Siga-nos nas Redes Sociais


Últimas Notícias

Professores morrem em batida de van e caminhão no Paraná – 12/08/2022 – Cotidiano

Publicado

dia:

Professores morrem em batida de van e caminhão no Paraná - 12/08/2022 - Cotidiano

A colisão entre uma van e um caminhão nos Campos Gerais, no Paraná, resultou na morte de sete pessoas, entre elas seis professores, no fim da noite desta quinta-feira (11). O motorista da van é a outra vítima. Três pessoas ficaram feridas e continuam internadas em estado grave.

Todos estavam a caminho de Curitiba, onde participariam da 8ª Conferência Estadual de Educação, que foi aberta e logo após encerrada, com uma homenagem às vítimas.

O acidente ocorreu foi por volta das 23h30, na cidade de Palmeira, no km 544 da BR-376. Dos dez ocupantes da van, apenas três sobreviveram. O motorista do caminhão não se feriu.

Segundo informações da PRF (Polícia Rodoviária Federal), dois homens e quatro mulheres, entre eles o motorista da van, morreram no local do acidente e foram encaminhados para o IML (Instituto Médico Legal) de Ponta Grossa (PR), que trabalha na identificação oficial das vítimas.

Além deles, outra passageira morreu a caminho do Hospital do Rocio, em Campo Largo (PR), e três ocupantes (um homem e duas mulheres) sofreram ferimentos graves e foram encaminhados a hospitais da região. A Polícia Científica compareceu ao local e as causas do acidente estão sendo apuradas pela Polícia Civil de Palmeira.

De acordo com a APP-Sindicato, entidade que organiza a conferência e da qual os educadores eram filiados, os professores são das cidades de Cambará, Santo Antônio da Platina e Barra do Jacaré, pequena cidade de apenas 2.700 habitantes.

Em nota, o sindicato disse que acompanha a situação e presta todo o auxílio necessário às famílias das vítimas. “A programação da 8ª Conferência Estadual de Educação, que reúne cerca de 500 delegados(as) de todo o estado em Curitiba, será reavaliada”, publicou.

A Seed (Secretaria de Estado da Educação e do Esporte) declarou luto oficial de três dias pela morte dos educadores. Em nota, a pasta se diz chocada e triste. “Nos solidarizamos com as vítimas, seus familiares, seus alunos, suas escolas, seus colegas de trabalho e com a APP.”

A Defensoria Pública do Estado do Paraná manifestou solidariedade às famílias “e profunda consternação pelas mortes dos professores e professoras neste momento de dor”.

Várias entidades, partidos e candidatos políticos também manifestaram pesar pelas mortes dos educadores.

Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS