Siga-nos nas Redes Sociais


Últimas Notícias

Prefeitura autoriza início das obras de três novas UBSs na Zona Sul

Publicado

dia:

Prefeitura autoriza início das obras de três novas UBSs na Zona Sul

Nesta sexta-feira (23) foram assinadas ordens de serviço para construção das unidades Jardim Reimberg, Jardim São Bernardo e Cidade Dutra

Foram assinadas pelo prefeito Ricardo Nunes e o secretário municipal da Saúde, Luiz Carlos Zamarco, durante evento realizado na Zona Sul nesta sexta-feira (23), as ordens de serviço para início das obras de construção das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) Jardim Reimberg, Jardim São Bernardo e Cidade Dutra. Os novos equipamentos receberão, no total, um investimento de R$ 28 milhões.
A previsão de entrega das unidades, que serão gerenciadas pela Organização Social de Saúde (OSS) Associação Saúde da Família (ASF), é de até 18 meses.
“Hoje é um dia muito importante, porque esta região sempre teve muita dificuldade na área da saúde. A construção destas unidades significa um avanço muito grande, entre tantos outros que estamos obtendo. As obras terão início amanhã e, assim, vamos avançando. Hoje, temos 470 UBSs na nossa cidade e, até 2024, faremos mais 15 UPAs”, declarou o prefeito Ricardo Nunes.
As unidades permitirão expansão e qualificação da assistência na região da Capela do Socorro. O valor de custeio mensal para cada UBS está estimado em R$ 596 mil. A capacidade de oferta de serviços mensais, por equipamento, será de 2.496 consultas médicas, 1.080 consultas de enfermagem, 7.200 visitas domiciliares de agentes comunitários de saúde (ACSs), 604 atendimentos odontológicos, 48 consultas farmacêuticas e 60 consultas com nutricionista.
Durante o evento, o secretário municipal de Saúde, Luiz Carlos Zamarco, enfatizou que as UBss Jardim Reimberg, Jardim São Bernardo e Cidade Dutra irão melhorar o atendimento para o público local.
“Estas unidades trarão a saúde para mais perto das pessoas”, declarou Zamarco.
Estrutura
As UBSs contarão com recepção, salas de acolhimento; de urgência e emergência; de raio-X odontológico e de vacina, assim como de inalação; coleta; atendimento nutricional; de reuniões; expurgo; esterilização e administrativas. Consultórios médicos, de enfermagem e de atendimento odontológico, além de farmácia e almoxarifado, integrarãoa estrutura dos imóveis.
Cada unidade terá seis médicos para Estratégia de Saúde da Família (ESFs), seis enfermeiros, 12 auxiliares de enfermagem, três cirurgiões-dentistas, três auxiliares em saúde bucal, um técnico em saúde bucal, um nutricionista, 36 agentes comunitários de saúde (ACSs), um agente de promoção ambiental (APA) e um gerente.
“Sabemos o quanto o público daqui da Zona Sul esperava por estes serviços. É uma área muito boa”, afirmou a secretária executiva de Atenção Básica, Especialidades e Vigilância em Saúde, Sandra Maria Sabino Fonseca.
Avança Saúde SP
Por meio do Avança Saúde SP, a atual gestão vem ampliando e aprimorando significativamente a rede municipal de saúde. Até o momento, das 101 obras contratadas, 81 estão concluídas e 20 estão em andamento.
O investimento total no programa é de US$ 200 milhões (cerca de R$ 1 bilhão), dos quais US$ 100 milhões (R$ 500 milhões) são financiados junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Até agosto deste ano, foram investidos US$ 75,35 milhões pela secretaria, além de US$ 51,88 milhões pelo banco. Em setembro do ano passado, o banco liberou mais US$ 22 milhões (cerca de R$ 114 milhões) para a gestão municipal, como parte do empréstimo total.

Fonte: Notícias da Região

Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS