Siga-nos nas Redes Sociais


Últimas Notícias

Polícia do RJ confirma 17 mortes em operação no Complexo do Alemão

Publicado

dia:

Polícia do RJ confirma 17 mortes em operação no Complexo do Alemão

Agentes de segurança apreenderam cinco fuzis, duas pistolas e 56 artefatos explosivos durante ação; helicóptero policial foi atingido por tiros

JOSE LUCENA/THENEWS2/ESTADÃO CONTEÚDO

Polícias do Rio iniciaram na madrugada desta quinta-feira, 21 de julho de 2022, uma operação conjunta no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro

O número de mortos em decorrência da operação policial realizada no Complexo do Alemão, no  Rio de Janeiro, subiu para 17. A informação atualizada foi divulgada em nota pela Polícia Militar (PM) na noite desta quinta-feira, 21. Segundo órgãos de inteligência envolvidos, a ação conjunta entre os agentes militares e a Polícia Civil teve como principal objetivo combater o roubo de veículos, de carga e a bancos. Cerca de 400 membros do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) atuaram na operação, com apoio de quatro aeronaves, dez veículos. Segundo informações divulgadas pelas corporações, cinco criminosos foram detidos e houve a apreensão dos seguintes armamentos: um fuzil metralhadora .50 – utilizado para derrubar helicópteros – outros quatro fuzis de calibre 7.62, duas pistolas e 56 artefatos explosivos. Além do arsenal, as polícias também levaram 43 motocicletas.

Entre os mortos está um policial militar, identificado como Cabo Bruno de Paula Costa. Ele estava trabalhando quando a base da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Nova Brasília foi atacada por criminosos em retaliação à operação. O agente foi socorrido e chegou a ser encaminhado ao Hospital Estadual Getúlio Vargas, mas não resistiu ao ferimento. A UPP da comunidade Fazendinha também foi atacada por criminosos, que também derramaram óleo em via pública e atearam fogo em objetos.

*Mais informações em instantes

Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS