Siga-nos nas Redes Sociais


Últimas Notícias

Polícia apreende adolescente suspeito de participar de chacina no DF

Publicado

dia:

Polícia apreende adolescente suspeito de participar de chacina no DF


Reprodução/PCDF

Família morta no DF: polícia acha mais um corpo supostamente relacionado ao caso, desta vez carbonizado

A Polícia Militar apreendeu um adolescente de 17 anos suspeito de participar da chacina de 10 pessoas no Distrito Federal. Esse é a quarta pessoa presa por participar do crime.

Publicidade

Em depoimento, o jovem admitiu ter recebido R$ 2 mil para colaborar com os criminosos. Ele ainda disse que outros R$ 3 mil seriam depositados posteriormente.

O rapaz foi levado pelos policiais para o 6° Distrito Policial, no Paranoá. Ao delegado, ele disse que esteve no cativeiro onde as vítimas foram mantidas.

Além do adolescente, outras três pessoas foram presas suspeitas de participarem do crime. A polícia ainda procura por Carloman dos Santos Nogueira, de 26 anos.

Publicidade

Entenda o caso

Durante a madrugada desta sexta-feira (20), a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) realizou buscas por mais corpos das vítimas da chacina da família da cabeleireira Elizamar Silva.

Segundo os agentes, no local que foi usado como cativeiro, em Planaltina, os policiais encontraram um “cheiro forte” em alguns pontos do terreno.

No local, os policiais encontraram vestígios de sangue pela casa e em uma sacola plástica. Tudo está sendo analisado pelo Instituto Médico Legal.

Publicidade

O corpo de Elizamar também já foi identificado, junto com os três filhos — Gabriel, de 7 anos, e Rafael e Rafaela, de 6 anos — eles foram encontrados carbonizados dentro no carro da cabeleireira na cidade de Cristalina, em Goiás.

A cabeleireira e mais nove pessoas desapareceram entre os dias 12 e 13 de janeiro de 2023. Sete corpos já foram encontrados, cinco deles foram identificados e outras cinco pessoas ainda estão desaparecidas, entre eles, o marido de Elizamar, Thiago Gabriel Belchior.

Nos últimos dias, a polícia encontrou dois corpos de mulheres em Unaí, Minas Gerais. Os agentes acreditam ser da sogra de Elizamar, Renata Juliene Belchior, de 52 anos, e da cunhada da cabeleireira, Gabriela Belchior, de 24 anos. No entanto, ainda não houve uma confirmação.

Publicidade

Desaparecidos em chacina no Distrito Federal

  • O marido de Elizamar, Thiago Gabriel Belchior, de 30 anos;
  • A sogra de Elizamar, Renata Juliene Belchior, de 52 anos;
  • A cunhada de Elizamar, Gabriela Belchior, de 24 anos;
  • A ex-mulher de Marcos Antônio, Cláudia Regina Marques de Oliveira;
  • A filha de Marcos e Regina, Ana Beatriz Marques de Oliveira;

Até o momento, três homens foram presos pelo crime: Horácio Carlos Ferreira Barbosa, de 49 anos, Gideon Batista de Menezes, de 55 anos, e Fabrício Silva Canhedo, de 34 anos.

Nesta quinta, a prisão temporária deles foi transformada em preventiva, segundo a polícia.

Horácio foi quem disse também que Thiago, Marcos Antônio e a “segunda família dele” – Cláudia e Ana Beatriz – teriam ido embora de Brasília depois da chacina. “Elas teriam saído do DF para viver uma nova vida”, conta o delegado Ricardo Viana, com base no depoimento do preso.

As polícias do DF, de Minas Gerais e de Goiás continuam as investigações, agora seguindo as duas linhas de apuração, segundo Viana: Marcos Antônio e Thiago terem sido os mandantes, ou vítimas.

Publicidade

Siga o portal Grajaú News no Google Notícias e no Canal do Telegram.

#grajaunews @grajaunews #grajau #saopaulo

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE