Siga-nos nas Redes Sociais


Bairros

O que abre e o que fecha no comércio de São Paulo durante a quarentena do coronavírus

Publicado

dia:

A partir desta sexta-feira, 20, boa parte do comércio de São Paulo será fechado para conter a disseminação do coronavírus. A decisão veio por decreto emitido pela Prefeitura de São Paulo.

Entretanto, há algumas exceções, como bares, padarias restaurantes, que podem abrir com reforço nas regras de higiene. Nestes locais, será necessário obedecer a espaçamento mínimo de 1 metro entre as mesas, oferta gratuita de álcool em gel para os clientes, reforço na limpeza e distribuição informações sobre a covid-19.

Também será possível que estabelecimentos possam funcionar por meio do sistema de delivery, com pedidos feitos por telefone ou online. A determinação é válida até 5 de abril. Já o governo do Estado recomendou o fechamento de templos religiosos, shoppings e academias.

Confira o que abre e o que fecha em São Paulo a partir de sexta-feira, 20.

Abertos:

  • Farmácias
  • Mercados
  • Feiras livres
  • Padarias (com regras adicionais de higiene)
  • Bares (com regras adicionais de higiene)
  • Restaurantes (com regras adicionais de higiene)
  • Lojas de conveniência
  • Postos de combustível
  • locais de venda de produtos para animais

Fecham por determinação da prefeitura:

  • Casas noturnas
  • Salões de festas
  • Espaços de eventos

Recomendação de fechamento por parte do governo do Estado

  • Igrejas e templos (se houver cultos, o indicado é manter 3m de distância entre os fiéis)
  • Shoppings
  • Academias

Publicidade

Siga-nos no Facebook

Mais Lidas