Siga-nos nas Redes Sociais


Bairros

Nigeriano é preso em SP após atropelar e matar cachorro de propósito

Publicado

dia:

Nigeriano é preso em SP após atropelar e matar cachorro de propósito

Nigeriano foi preso por matar propositalmente um cachorro atropelando-o (Reprodução)

Um homem nigeriano, de 46 anos, atropelou e matou propositalmente um cachorro que estava deitado na rua, no bairro José Bonifácio, Zona Leste de São Paulo. O caso aconteceu na última sexta-feira, 30, e foi registrado por câmeras de segurança instaladas na localidade.

Nas imagens, é possível observar que o motorista consegue passar ao lado do cachorro sem atingi-lo, mas mesmo assim ele dá a ré no veículo e novamente acelera para frente e atinge o animal. O cachorro não resistiu aos ferimentos provocados pelo atropelamento e morreu no local.

Poucos segundos após o ocorrido, é possível verificar nas imagens que uma mulher aparece na rua, enquanto o homem que atingiu o cachorro sai do carro. Eles conversam por alguns instantes, mas o homem volta para o veículo e deixa o local sem prestar nenhum tipo de socorro ao animal.

A tutora do cachorro, Laiza Alves, disse que a ação do homem foi proposital. Segundo ela, o “Grandão”, como era conhecido por outros moradores da região, tinha 17 anos e costumava ficar na rua em frente à sua residência. “Ele volta com o carro, faz isso e nem socorre. Faço de tudo para achar esse cara, mostrar o que esse monstro fez, afirma.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), o suspeito foi preso no mesmo dia do ocorrido. De acordo com o órgão, a polícia chegou até o acusado por meio das informações da placa do veículo.

“Após ter conhecimento das imagens, a Polícia Civil iniciou uma rápida investigação. Por meio da placa do veículo, os agentes conseguiram identificar o autor e o localizaram em sua residência, na Cidade Tiradentes, zona leste da capital, prendendo-o em menos de 24 horas após o crime. Ele responderá por praticar ato e abuso de animais”, informou a Secretaria por meio de nota.

Fonte: Yahoo Notícias

Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA