Siga-nos nas Redes Sociais


Tecnologia

Netflix é processada por esconder queda em assinantes de investidores | Tecnologia

Publicado

dia:

Netflix é processada por esconder queda em assinantes de investidores | Tecnologia

Unsplash

Netflix é processada nos Estados Unidos

A Netflix amargou a primeira queda de assinaturas em dez anos
. Obviamente, os acionistas não ficaram contentes com a perda de 200 mil usuários revelada junto aos resultados do primeiro trimestre de 2022. E não demorou muito para a companhia ser acusada de ocultar a informação e ser processada por investidores.

A situação não anda muito boa para a plataforma de streaming. A companhia revelou o seu relatório financeiro para o primeiro trimestre em abril e, na ocasião, os indicadores apontaram para a primeira redução de assinantes em dez anos.

A situação deu o que falar. A Netflix até tentou explicar que parte dessa redução está relacionada à suspensão do serviço na Rússia, que teve um custo de 700 mil membros, e ao compartilhamento de senhas. Mesmo assim, um grande grupo de investidores abriu um processo contra a empresa nos Estados Unidos nesta terça-feira (3), segundo a Reuters.

A acusação gira em torno da redução na base de usuários. O processo aponta que a companhia enganou o mercado ao ocultar a sua capacidade de expandir o número de assinantes. A ação pede uma indenização pela queda no preço das ações a investidores que negociaram papéis entre outubro de 2021 e abril de 2022.

Netflix pensa em lançar plano com anúncios

A primeira queda de assinantes em dez anos é um marco na história da plataforma de streaming. De acordo com os resultados divulgados em abril, o serviço perdeu 200 mil usuários nos três primeiros meses de 2022. Não à toa, a empresa até registrou uma alta de 10% na receita, mas teve queda de 6,4% no lucro líquido na comparação anual.

O resultado jogou os holofotes sobre a companhia, mas a Netflix já pensa algumas soluções. É o caso do lançamento de um plano mais barato e com anúncios. Segundo o CEO Reed Hastings, a plataforma sempre se esquivou de anúncios. Porém, apesar de o executivo ser “fã” da “simplicidade da assinatura”, ele também é “um grande fã da escolha do consumidor”.

“Permitir que os consumidores que gostariam de ter um preço mais baixo e são tolerantes à publicidade consigam o que querem faz muito sentido”, afirmou. “Isso é algo que estamos analisando agora”. Ainda assim, não há previsão de lançamento do novo plano.

Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS