Siga-nos nas Redes Sociais


Últimas Notícias

Não toque em estrangeiros para reduzir o risco de monkeypox, diz autoridade da China

Publicado

dia:

Intel produzirá chips para MediaTek

PEQUIM (Reuters) – Uma autoridade de saúde da China aconselhou as pessoas a evitar contato físico com estrangeiros para evitar uma possível infecção por varíola do macacos após o primeiro caso conhecido do vírus na China continental ter sido relatado na sexta-feira.

“Para evitar uma possível infecção por monkeypox e como parte de nosso estilo de vida saudável, é recomendado que 1) você não tenha contato direto com estrangeiros”, postou Wu Zunyou, epidemiologista-chefe do Centro de Controle e Prevenção de Doenças da China em sua página oficial do Weibo no sábado.

Wu também pediu que as pessoas evitem “contato pele a pele” com pessoas que estiveram no exterior nas últimas três semanas, bem como com todos os “estranhos”.

“É necessário e muito importante fortalecer a vigilância e prevenção da epidemia de monkeypox no nível social”, escreveu ele.

Sua postagem foi amplamente compartilhada nas mídias sociais no fim de semana, mas a seção de comentários em sua postagem inicial foi desativada no domingo e nas primeiras horas da segunda-feira em Pequim.

Alguns, que comentaram as versões encaminhadas ou capturadas de tela de sua postagem, questionaram por que os estrangeiros na China, muitos dos quais são residentes de longa data e não saíram recentemente devido às barreiras do Covid-19, foram considerados mais perigosos do que os locais.

Wu não respondeu imediatamente a um pedido de comentário da Reuters enviado à sua conta de mídia social.

(Reportagem de Martin Quin Pollard)

Fonte: Yahoo Notícias

Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS