Siga-nos nas Redes Sociais


Tecnologia

Musk decreta fim da ferramenta de prevenção ao suicídio no Twitter

Publicado

dia:

'Não há escolha', diz Musk sobre demitir 50% das pessoas do Twitter


Imagem: Reprodução/Instagram. Montagem: Dimítria Coutinho/iG

Elon Musk Twitter

O Twitter retirou a ferramenta que fornecia linhas diretas de prevenção ao suicídio da plataforma, por ordem de s eu novo dono, o bilionário Elon Musk , segundo a agência Reuters. O recurso bloqueava buscas de determinados conteúdos relacionados ao tema. 

Publicidade

A #ThereIsHelp mostrava contatos de centrais de prevenção à violência autoperpetuada. Além disso, apresentava também ONGs de muitos países relacionadas à saúde mental, HIV, vacinas, exploração infantil, Covid-19, violência de gênero, desastres naturais e liberdade de expressão.

Musk nega e diz que o recurso segue disponível.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG 

À Reuters, organizações como a norte-americana AIDS United, que era promovida pela hashtag, e o grupo iLaw, que apoia liberdade de expressão na Tailândia, disseram à que o fim da ferramenta foi surpreendente.

Publicidade

A AIDS United viu suas visualizações diárias caírem de 70 para 14 após a extinção da ferramenta. 

Especialistas no assunto ligados ao Twitter avaliam como “profundamente perturbador” o fim da hashtag, mesmo que seja algo temporário. 

Siga o portal Grajaú News no Google Notícias e no Canal do Telegram.

Publicidade


#grajaunews @grajaunews #grajau #saopaulo

Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE