Siga-nos nas Redes Sociais


Últimas Notícias

Mulher se via como ‘aberração’ por seios grandes e vira estrela na web | Delas

Publicado

dia:

Mulher se via como 'aberração' por seios grandes e vira estrela na web | Delas

Reprodução/Tiktok 14.04.2022

Mulher com seios grandes vence o preconceito e vira referência nas redes sociais

Lucy Luxor, de apenas 35 anos, tinha muita vergonha do tamanho de seus seios enormes e começou a se esconder do mundo quando percebeu que as pessoas não tirava os olhos do seu colo. A mulher conta que se sentia “uma aberração” e mal conseguia sair de casa por anos por falta de confiança, até que recebeu apoio de internautas no TikTok e hoje é uma referência para meninas e mulheres que têm a mesma característica.

Lucy afirma que estava acostumada a desviar dos olhares desconfortáveis ​​e comentários vulgares. Quando sua filha, Molly, nasceu em 2016, ela ficou tão ansiosa que não queria mais nem fazer compras em um supermercado, segundo relatou ao jornal Metro. Ela passou cinco anos se escondendo de todos até que, no ano passado, encontrou o apoio do marido, Mark, e de outras mães da escola da filha para que voltasse a se aventurar pelas ruas novamente. 

“Depois que dei à luz Molly, não me sentia mais eu mesma. Eu não conseguia nem andar na rua sem as pessoas me olhando”, afirmou. “Por uns bons dois anos e meio, eu não saí a menos que fosse para cuidar de um amigo idoso da família no fim de semana – mas eu literalmente entrava no carro, ia para casa e depois voltava direto. Mas quando Molly começou na escola da aldeia, conheci tantos pais adoráveis. Eles me encorajaram a ir ao parque depois da escola e fazer mais coisas com Molly e eles. Essas pessoas me fizeram sentir tão à vontade para sair que, mesmo que eu fique ansiosa, eles não me culpam. Eles são tão solidários”, lembrou com carinho.

Ela tem uma vida bem complicada desde que o tamanho de seus seios aumentaram. A moradora de South Somerset, distrito ao norte da Inglaterra, precisa fazer massagens quinzenais para aliviar a tensão nas costas. Ela tem lutado contra o peso de seus seios desde que atingiu a puberdade, aos 14 anos.

“Sempre me senti uma aberração, para ser honesta”, disse. “Foi horrível na escola. Eu era perseguida até o ponto de ônibus por um certo rapaz que era obcecado por mim. Isso me chamava atenção quando eu era mais jovem e às vezes eu tirava vantagem disso, mas ter peitos enormes não é tudo o que dizem”, lamentou.

Ela também tem encontrado muito apoio dos internestá se adaptando com o passar do tempo, graças ao apoio de seus milhares de seguidores no TikTok, que trazem palavras de conforto e autoconfiança. Ao todo, o primeiro vídeo de Lucy tem mais de 2,9 milhões de visualizações.

“O que é bom, porém, é que a reação foi principalmente de outras mulheres que estão lutando com o mesmo problema, ou podem se relacionar com ele. Mesmo as mulheres do outro lado da escala, com seios pequenos, brincaram que nunca mais reclamarão de ter seios pequenos. Eu falo sobre o empoderamento feminino e me sinto melhor. Isso definitivamente me ajudou a não me sentir tão sozinha”, confessou.

A britânica afirmou também que várias pessoas sugerem que ela perca peso para reduzir o tamanho dos seios, mas desde que perdeu 17 kg durante uma dieta, o tamanho das mamas não não diminuiu nem um centímetro.

Ela sonha em fazer uma cirurgia de redução de mama, para eliminar os problemas físicos que eles acarretam, porém uma intervenção como essa demandaria cerca de seis semanas de repouso para recuperar, o que uma mãe de uma criança não consegue fazer tão facilmente.

Publicidade
Clique e Comente

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS