Siga-nos nas Redes Sociais


Últimas Notícias

Motorista flagra ônibus de dupla sertaneja em alta velocidade antes de acidente

Publicado

dia:

Motorista flagra ônibus de dupla sertaneja em alta velocidade antes de acidente

Um vídeo feito antes do acidente com o ônibus da dupla sertaneja Conrado e Aleksandro mostra o veículo em alta velocidade, na Rodovia Regis Bittencourt, no interior de São Paulo. No sábado (7), o ônibus tombou e seis pessoas morreram, entre elas, o cantor Aleksandro, de 34 anos.

Conforme o autor da gravação, que não quis se identificar, ele pretendia encaminhar o vídeo para a dupla sertaneja. “Planejava encontrar o telefone deles para mostrar como o motorista estava ‘correndo’ na rodovia. Jamais imaginava que o acidente pudesse acontecer”, disse o homem ao G1.

“O ônibus passou a mais de 140 km/h e chamou a minha atenção. Acelerei para alcançá-lo”, contou o autor da gravação. No vídeo, o homem, que estava dirigindo um carro, chega a comentar sobre a imprudência do motorista do ônibus.

Video: Moto envolvida em acidente é apreendida por ter indicativo de furto (Dailymotion)

“Depois acontece um acidente e colocam a culpa sempre em outra coisa, mas a imprudência fala mais alto aqui! Ultrapassa caminhões como se fosse um carro pequeno”, diz na gravação;

Em nota ao G1, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o pneu dianteiro esquerdo do ônibus estourou, fazendo com que o motorista perdesse o controle do veículo, que tombou no canteiro central.

Questionada sobre o vídeo no qual o ônibus apare em alta velocidade, a PRF destacou que o autor da gravação também cometeu infração de trânsito. “Cumpre-nos esclarecer que o uso do celular na direção representa conduta proibida pelo CTB, cuja lesividade na causa de acidentes supera o próprio excesso de velocidade. Sendo assim, o condutor que gravou o vídeo causou mais risco ao trânsito do que o motorista que imprimiu velocidade excessiva, porém este último acidentou-se em virtude do estouro do pneu”, informou a PRF.

Assessoria diz que vídeo é antigo

Em nota ao Uol, a assessoria da dupla sertaneja afirma que o vídeo divulgado nas redes sociais é de 2019. Em entrevista ao “Domingo Espetacular”, da RecordTV, o advogado da dupla também negou que o vídeo seja atual.

“Esse vídeo nós já havíamos recebido no final de 2019. Não se trata de um vídeo do momento de um acidente. A divulgação desse vídeo nesse momento, além de desrespeitosa, é extremamente leviana”, disse o advogado.

Conforme a TV Globo, o vídeo deve ser analisado pela Polícia Civil, que investiga as causas do acidente.

A Microsoft pode ganhar uma comissão de afiliado caso você compre algo recomendado nos links desse artigo

Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS