Siga-nos nas Redes Sociais


Tecnologia

Meta é processada nos EUA por rastrear dados de saúde de pacientes | Tecnologia

Publicado

dia:

Só para maiores: Meta libera conteúdo adulto em seu metaverso | Tecnoblog

Unsplash/Dima Solomin

Meta é processada nos EUA

A Meta, controladora do Facebook, Instagram e WhatsApp, está sendo processada junto a diversos hospitais nos Estados Unidos por compartilharem dados sensíveis de saúde dos pacientes. De acordo com o The Verge, duas ações coletivas foram movidas contra a gigante de tecnologia.

Os processos são referentes à ferramenta de rastreamento Meta Pixel da empresa. O recurso pode ser instalado em sites para fornecer análises de anúncios do Facebook e do Instagram. Uma vez instalada, a ferramenta coleta informações das pessoas que visitam os sites.

Em junho, uma investigação do The Markup revelou que 33 dos 100 maiores hospitais dos Estados Unidos utilizam Meta Pixel em seus sites, permitindo a coleta de dados dos pacientes. Dentre as informações rastreadas, estão consultas médicas, alergias a medicamentos e outros dados sensíveis relacionados à saúde.

Em um dos processos contra a Meta, uma paciente afirma ter tido suas informações médicas coletadas. Depois, ela começou a receber anúncios direcionados às suas condições cardíacas e do joelho.

De acordo com uma lei estadunidense de privacidade médica, dados relacionados à saúde só podem ser compartilhados por oganizações de saúde com o consentimento dos titulares dos dados. Os hospitais, porém, não cumpriram essa lei antes de enviar as informações para a Meta.

A empresa afirma que exige que os sites que usam o Meta Pixel tenham o direito de compartilhar os dados, mas os processos alegam que a Meta não aplica essas políticas na prática.



Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS