Siga-nos nas Redes Sociais


Tecnologia

MCom entrega 300 computadores recondicionados para entidades em Brasília

Publicado

dia:

Logo


Nesta quarta-feira (22), em cerimônia realizada no Centro de Recondicionamento de Computadores (CRC) Metarreciclagem, o Ministério das Comunicações (MCom) realizou a entrega de 300 computadores recondicionados que beneficiarão cerca de 30 instituições. O Programa Computadores para Inclusão é uma ação do Governo Federal, executada pelo ministério, para implementação de Políticas de Inclusão Digital.

Participou da cerimônia o ministro das Comunicações, Juscelino Filho, que disse que a meta prevista para os 100 primeiros dias de governo do presidente Lula foi cumprida, que era entregar 300 computadores recondicionados a 30 instituições.

Publicidade

“[…]Temos a certeza de que o Mcom está trabalhando para trazer mais conectividade e fazendo a diferença na vida das pessoas. Esse é o nosso objetivo. Através da inclusão digital teremos inclusão social. Reduzindo assim as desigualdades e levando qualidade de vida para os brasileiros”, destacou o ministro.

Desde 2006, cerca de 30 mil equipamentos recondicionados já foram doados a pontos de inclusão digital espalhados em 695 municípios e mais de 21,3 mil alunos foram capacitados para o mercado de trabalho. Em dezembro de 2022, a iniciativa foi reforçada com a sanção da Lei Nº 14.479/2022, que instituiu a Política Nacional de Desfazimento e Recondicionamento de Equipamentos Eletroeletrônicos. Neste período, mais de R$ 38 milhões foram investidos na ação.

O coordenador-geral da instituição Programando o Futuro, Vilmar Simion Nascimento, fala da importância do programa para a formação em sala de aula. “Hoje, celebramos todos esforço que trabalhamos ao longo dos anos para trazer inclusão digital para as comunidades mais necessitadas. Esse projeto é fundamental para tirar os jovens das ruas e principalmente qualificar novos profissionais para o mercado de trabalho“.

Entre as entidades beneficiadas com o Programa Computadores para Inclusão está a Associação de Moradores Aguaslindense (Amag). A presidente da instituição, Alexsandra Tenório, comemorou por ter sido beneficiada com os computadores. “Esse projeto vem beneficiando várias comunidades. É um programa que dá possibilidade de profissionalizar nossos jovens, idosos e, principalmente, garantir acesso à informação para a população”, finalizou Alexsandra.

Publicidade

Siga o portal Grajaú News no Google Notícias e no Canal do Telegram.

#grajaunews @grajaunews #grajau #saopaulo

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE