Siga-nos nas Redes Sociais


Esportes

Mbappé é servido por Neymar e Messi, mas não dá assistências

Publicado

dia:

Mbappé é servido por Neymar e Messi, mas não dá assistências

Lance!

Mbappé é servido por Neymar e Messi, mas não dá assistências

Após renovar seu contrato com o
Paris Saint-Germain

, Kylian Mbappé passou a ter um outro status dentro do clube. Buscando mais protagonismo, o atleta tem sido cada vez mais um finalizador do que um passador dentro de campo.

Segundo dados do “Transfermarkt”, o camisa sete da equipe comandada por Christophe Galtier possui 10 gols em nove partidas disputadas (contabilizando Ligue 1 e Champions League). No entanto, o jogador não possui nenhuma assistência.



-> AO VIVO E DE GRAÇA: LANCE! vai transmitir ao vivo e de graça jogos da Bundesliga aos sábados. Confira todas as informações sobre o torneio e transmissão aqui.




Das 10 vezes em que balançou as redes dos adversários, Mbappé recebeu cinco assistências de Lionel Messi, jogador que mais contribuiu para os gols do francês. Além disso, o camisa sete recebeu três passes decisivos dos pés de Neymar.

Enquanto isso, o camisa 10 do PSG e da Seleção Brasileira é o maior artilheiro da equipe na temporada com 11 gols marcados. O atleta recebeu três assistências de Messi, mas anotou seis tentos sem precisar de passes decisivos de seus companheiros.

Já o argentino tem seis gols com o Paris Saint-Germain nesta temporada. Neymar contribuiu de forma decisiva para dois tentos do camisa 30, enquanto Nuno Mendes e Paredes (que foi negociado com a Juventus) contribuíram com uma assistência cada um.

No início da temporada, o jornalista Marcelo Bechler
relatou uma confusão no vestiário do clube francês

após o duelo entre PSG e Montpellier, válido pela 2ª rodada da Ligue 1. Era a estreia de Mbappé, que havia perdido um pênalti e marcou um gol no segundo tempo.

O repórter detalhou após a partida que o camisa sete se irritou, pois esperava que seus companheiros o servissem mais em campo. O atleta busca finalizar cada vez mais as jogadas e ter menos compromisso sem a bola. Aos poucos, o atacante vem conseguindo o que desejava ao renovar seu contrato.

Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS