Siga-nos nas Redes Sociais


Tecnologia

Lei nos EUA exige apresentação de identidade para acessar Pornhub

Publicado

dia:

Lei nos EUA exige apresentação de identidade para acessar Pornhub


Lorena Amaro

Pornhub passa a cobrar identidade de usuários em Luisiana, nos EUA

Uma nova lei surgiu no estado do Luisiana nos Estados Unidos, que promete atrapalhar as pessoas que gostam de assistir pornografia pela internet. Agora é necessário apresentar alguma forma de verificação de idade antes de acessar páginas como o Pornhub e o RedTube. Assim, algumas das opções para os usuários são a carteira de motorista ou uma identidade gerada pelo governo.

Publicidade

Vigente desde o dia 1 de janeiro de 2023, a lei chamada de HB 142 indica que sites com mais de 33,3% de conteúdo pornográfico devem exigir a verificação etária por parte de seus visitantes. Para fazer isso, o usuário precisa usar um aplicativo chamado LA Wallet, que pede uma identidade do estado da Luisiana ou uma carteira de motorista.

Ao tentar abrir uma rede de pornografia como o Pornhub, por exemplo, uma janela para averiguação dos anos do indivíduo surge. Em seguida, a pessoa precisa realizar a confirmação através de outra plataforma antes de receber total acesso aos temas adultos.

Um usuário do Twitter mostrou o passo a passo de todo o processo:

Publicidade

Vale o destaque para a mensagem que aparece ao tentar acessar o portal:

“A lei da Luisiana agora exige que implementemos um processo para verificar a idade dos usuários que se conectam ao nosso site a partir do estado. A privacidade e a segurança da comunidade Pornhub são nossa prioridade, e agradecemos sua cooperação.”

Pensando nisso, a questão que surge é se as visitas às plataformas de conteúdo pornográfico no estado americano vão ser inibidas. Não creio que as pessoas vão se animar em apresentar seus documentos, mas posso estar errado.

Publicidade

De onde veio a lei HB 142?

Criada pela política republicana Laurie Schlegel, a ideia da lei surgiu a partir de seus diversos encontros com pacientes viciados em sexo. O principal objetivo é o de proteger os menores de idade desse tipo de conteúdo adulto. Segundo a representante do Capitólio do Estado da Luisiana:

“A pornografia está destruindo nossos filhos e eles estão tendo acesso ilimitado a ela na internet e, portanto, se as empresas de pornografia não forem responsáveis, pensei que precisamos ir em frente e responsabilizá-las.”

Publicidade

A maneira que os deputados encontraram foi a de criar a lei HB 142 , exigindo verificação etária ao tentar acessa plataformas feitas apenas para adultos.

Sara Kelley, gerente de produtos da companhia de software Envoc, apontou que o app LA Wallet não é a única opção para o visitante. Ademais, ela lembra que empresas não têm permissão para reter informações pessoais depois de apurar a idade do indivíduo.

Kelley explica melhor: “Ele (o app) não identifica sua data de nascimento, não identifica quem você é, onde mora, em que parte do estado você está ou qualquer informação do seu dispositivo ou do seu ID real. Ele apenas retorna essa idade para dizer que sim, essa pessoa tem idade suficiente para ser autorizada a entrar.”

Publicidade

Com informações: Mashable e Fox8Live.

Siga o portal Grajaú News no Google Notícias e no Canal do Telegram.

#grajaunews @grajaunews #grajau #saopaulo

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE