Siga-nos nas Redes Sociais


Saúde

Laboratório suíço cria novo teste para detecção da varíola dos macacos | Saúde

Publicado

dia:

Laboratório suíço cria novo teste para detecção da varíola dos macacos | Saúde

Reprodução/Science Photo Library 25.5.2022

Vírus da varíola dos macacos

A farmacêutica suíça Roche anunciou o desenvolvimento de testes de PCR para diagnóstico da varíola dos macacos (monkeypox), à medida que a doença se espalha para um número cada vez maior de países.

A Roche e sua subsidiária TIB Molbiol desenvolveram três kits de teste para serem usados por pesquisadores. Eles já estão disponíveis na maior parte do mundo, de acordo com a empresa.

O primeiro kit detecta vírus do grupo ortopoxvírus em geral, incluindo as duas cepas causadoras da da varíola dos macacos. O segundo detecta apenas os vírus da varíola dos macacos, enquanto o terceiro detecta simultaneamente os ortopoxvírus e fornece informações sobre a presença ou não de um vírus da varíola dos macacos (cepa da África Ocidental e da África Central).

As ferramentas de diagnóstico são cruciais para responder e controlar os desafios emergentes de saúde pública à medida que avançam nas medidas de resposta, como esforços de rastreamento e estratégias de tratamento”, disse Thomas Schinecker, chefe de diagnóstico da empresa, em comunicado.

Recentemente, a Organização Mundial da Saúde (OMS afirmou que um teste de reação em cadeia da polimerase (PCR) é o “teste laboratorial preferido, devido à sua precisão e sensibilidade”. A organização recomenda que as amostras sejam de lesões de pele e crostas secas, pois PCR com amostras de sangue geralmente são inconclusivos.

Ainda de acordo com a entidade, métodos de detecção de antígenos e anticorpos, como aqueles utilizados para o novo coronavírus, não distinguem entre os ortopoxvírus.

Até o último domingo, mais de 250 casos confirmados e suspeitos da doença foram relatados à agência de saúde, em 16 países fora da África Ocidental e Central, onde a doença é endêmica.

Entre no 
canal do Último Segundo no Telegram

e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS