Siga-nos nas Redes Sociais


Últimas Notícias

Inverno no EUA: relembre as tempestades de neve mais mortais dos últimos 30 anos

Publicado

dia:

Exame logo 55 anos


Os Estados Unidos, devastados nos últimos dias por uma nevasca que já deixou pelo menos 47 mortos em nove estados, sofreram outras tempestades mortais nos últimos 30 anos.

Estas foram algumas delas:

Publicidade

– Onda de frio de 2021 –

De 13 a 19 de fevereiro de 2021, uma onda de frio atingiu os Estados Unidos da costa leste à costa oeste, passando pelo Texas e Louisiana até o sul do país, regiões com temperaturas geralmente amenas.

O frio intenso causou a morte de ao menos 70 pessoas no país, segundo veículos de imprensa americanos, e milhões de lares ficaram sem eletricidade.

A onda de frio também matou pelo menos seis pessoas no norte do México.

Publicidade

– “Snowzilla” em 2016 –

De 22 a 24 de janeiro de 2016, a tempestade de neve Jonas, apelidada de “Snowzilla”, afetou a costa leste dos Estados Unidos, em especial Nova York, matando pelo menos 33 pessoas. Na época, mais de 11.000 voos foram cancelados.

Nova York teve a segunda nevasca mais intensa de sua história, com mais de 67 cm de neve acumulada sobre o Central Park. Já o Aeroporto Internacional Dulles, nos arredores de Washington, foi enterrado sob 56 cm de neve.

– Onda de frio de 2007 –

Em meados de janeiro de 2007, uma onda de frio acompanhada de chuva congelante e nevascas causou 42 mortes relacionadas a acidentes automobilísticos em um espaço de poucos dias em Oklahoma, Texas, Missouri, Iowa, Michigan, Nova York e Maine.

Publicidade

– “Nevasca 1996” –

De 7 a 9 janeiro de 1996, uma tempestade de neve deixou várias dezenas de mortos na costa leste dos Estados Unidos, a maioria em acidentes de trânsito.

A tempestade, chamada de “Nevasca 1996” pela imprensa, foi seguida por outra alguns poucos dias depois, e logo houve inundações.

Segundo o Serviço Meteorológico Nacional (NWS, na sigla em inglês), a “Nevasca 1996” causou 154 mortes diretas e indiretas em janeiro daquele ano.

Publicidade

– “Tempestade do século” de 1993 –

Em 13 e 14 de março de 1993, a chamada “Tempestade do século” matou 270 pessoas nos Estados Unidos, de acordo com o NWS.

A esse número somam-se 48 desaparecidos a bordo de dois cargueiros que naufragaram: um liberiano em frente de Nova Escócia (Canadá) e outro hondurenho na costa da Flórida.

Os estados da Pensilvânia, Flórida, Nova York, Carolina do Norte e Alabama foram os mais afetados pela tempestade, que paralisou a costa leste dos Estados Unidos por quase 48 horas. Também houve cinco mortes no Canadá, três em Cuba e cinco em águas internacionais na Flórida.

Publicidade

Por outra parte, a Flórida registrou 50 tornados, ondas de quase nove metros na costa e 1,20 metros de neve em alguns condados.

A neve e o frio também atingiram o “sul profundo”: no Alabama, caíram 42 cm de neve e o termômetro registrou -16 Celsius.

Muitas pessoas, a maioria idosas, morreram de frio, agravado por uma nevasca congelante. Outros morreram de ataques cardíacos enquanto tentavam limpar neve e gelo na frente de suas casas.

Publicidade

LEIA TAMBÉM;


Fonte: EXAME

Siga o portal Grajaú News no Google Notícias e no Canal do Telegram.

#grajaunews @grajaunews #grajau #saopaulo

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE