Siga-nos nas Redes Sociais


Últimas Notícias

Hospital de M’Boi Mirim é palco de evento no mês da prematuridade

Publicado

dia:

Hospital de M’Boi Mirim é palco de evento no mês da prematuridade


Novembro é considerado o mês internacional de sensibilização para a prematuridade, sendo reconhecido mundialmente como “Novembro Roxo”. O dia 17, em específico, tem como objetivo alertar a população sobre o crescente número de partos prematuros e fomentar ações de prevenção, conscientizando a respeito dos riscos do nascimento antecipado, tanto para o bebê como para a gestante.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a prematuridade atinge cerca de 15 milhões de crianças por ano no mundo. A estimativa é de que um em cada 10 bebês nasça de forma prematura. No Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde, são registrados cerca de seis nascimentos a cada 10 minutos nessas condições, totalizando aproximadamente 340 mil bebês prematuros por ano.

Publicidade

O Centro de Estudos e Pesquisas “Dr. João Amorim” (Cejam), uma entidade filantrópica e sem fins lucrativos, realiza inúmeras ações ao longo do ano, intensificando ainda mais as atividades neste mês. As atividades vão desde lives nas redes sociais a eventos e rodas de conversas abertas aos pacientes.

No dia 16 deste mês, o uso do Óxido Nitroso como analgésico durante o parto foi tema de uma apresentação conduzida pela dra. Anatália Basile, coordenadora geral do Parto Seguro. O evento foi direcionado a coordenadores, diretores e gerentes de Enfermagem das maternidades onde o Cejam atua e aconteceu no Hospital Municipal Dr. Moysés Deutsch (M’Boi Mirim), gerenciado pela instituição em parceria com o Hospital Israelita Albert Einstein e a Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo.

Conforme a coordenadora, todas as mulheres em trabalho de parto devem ter a oportunidade de escolher algum método não invasivo de analgesia relativamente eficaz e seguro, quando assim o desejarem, durante o trabalho de parto, além da possibilidade da analgesia medicamentosa.

Publicidade

Dra. Anatália explica, ainda, que o tema da prematuridade também segue pautando programas e eventos da organização, que busca disseminar informação de qualidade e conscientizar a população sobre os riscos para a gestante e o bebê.

“Nosso objetivo é alcançar cada vez mais pessoas, sensibilizando para a causa, além de promover o debate para que nossos profissionais da saúde possam compartilhar experiências e contribuir para a ampliação do conhecimento sobre a prematuridade”, finaliza dra. Anatália.

Siga o portal Grajaú News no Google Notícias e no Canal do Telegram.

Publicidade


#grajaunews @grajaunews #grajau #saopaulo

Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE