Siga-nos nas Redes Sociais


Esportes

Fluminense segue longe de previsão orçamentária em premiações, mas vê esperança em bom momento

Publicado

dia:

Fluminense segue longe de previsão orçamentária em premiações, mas vê esperança em bom momento

Luiza Sá

Fluminense segue longe de previsão orçamentária em premiações, mas vê esperança em bom momento

O
Fluminense

vive um momento importante na temporada. Semifinalista da Copa do Brasil e em quarto lugar no Campeonato Brasileiro, o Tricolor vê uma oportunidade de não só voltar a conquistar um título importante nacionalmente, mas também dar um alívio aos cofres e cumprir metas. Até agora em 2022, o Tricolor soma R$ 26,6 milhões em premiação, faltando cerca de R$ 40,7 milhões para atingir a previsão orçamentária.

A previsão orçada de arrecadação com premiações em 2022 (somando todas as competições) é de R$ 67,316.874,00, bem mais do que os R$ 38 milhões da previsão de 2021. Dentro disso, o Flu apostava em chegar à final do Campeonato Carioca, onde foi campeão, na fase de grupos da Libertadores, que caiu na terceira fase, ser sexto lugar no Brasileirão e chegar às quartas da Copa do Brasil, competição da qual é semifinalista.

Como a previsão saiu depois da queda na Libertadores, a diretoria também projetou chegar às oitavas da Sul-Americana, algo que não se concretizou. O Carioca, vale lembrar, não teve premiação pelo segundo ano seguido.


Veja a tabela do Campeonato Brasileiro

No total, são R$ 16,8 milhões na Copa do Brasil (R$ 1,9 milhão na terceira fase, R$ 3 milhões nas oitavas, R$ 3,9 milhões nas quartas e R$ 8 milhões na semifinal). Passando às finais, garantirá R$ 25 milhões se for vice ou R$ 60 milhões com o título e nesse segundo caso terminaria com R$ 76,8 milhões nos cofres.

Somadas as participações em competições da Conmebol, o Fluminense acumulou só US$ 1,1 milhão de dólares (cerca de R$ 5,5 milhões na cotação da época) na Libertadores e US$ 900 mil dólares (R$ 4,3 milhões na cotação atual) na Sul-Americana.

IMPORTÂNCIA DO BRASILEIRÃO


Mas o Campeonato Brasileiro também representa uma parte importante dessa previsão do Fluminense. Apesar da projeção ser o sexto lugar, atualmente o Tricolor vê como possível uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores terminando no G4 e até a disputa do título da competição.

Nesse sentido, o campeão do Brasileirão ganha R$ 33 milhões, o segundo R$ 31,3 milhões, o terceiro R$ 29,7 milhões, o quarto R$ 28 milhões, o quinto R$ 26,4 milhões e o sexto R$ 24,7 milhões. Nessa soma, o clube poderia chegar bem mais perto dos R$ 67 milhões previstos.

Isso faz com que a pergunta sobre poupar ou não os jogadores fique ainda mais forte. Neste sábado, o Fluminense volta a entrar em campo contra o Coritiba, pela 23ª rodada do Brasileirão, às 19h, no Maracanã. Pensando na semifinal da Copa do Brasil na quarta-feira, contra o Corinthians, em casa, Fernando Diniz pode ou não rodar mais para descansar o elenco.

Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS