Siga-nos nas Redes Sociais


Últimas Notícias

Festival do Futuro tem homenagens a Pelé, Elza Soares e Gal Costa

Publicado

dia:

Folha da Minha Sampa - Pautando a Região


Evento que reúne mais de 60 artistas para celebrar a posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Festival do Futuro teve momentos de emoção agora à noite, com homenagens a  Pelé, Elza Soares, e Gal Costa. Alguns imprevistos e o atraso na chegada de Lula não desanimaram o público, que não deixa a Esplanada dos Ministérios e interage com os cantores.

Morta em janeiro do ano passado, a cantora Elza Soares, que batiza um dos palcos do festival, também foi lembrada. Por duas vezes, os artistas cantaram a músicaA Carne. Sucesso de Elza, a canção foi lançada em 2002 e traz críticas ao racismo e à escravidão, com o refrão “a carne mais barata do mercado é a carne negra”.

Publicidade

A homenagem a Pelé, morto na última quinta-feira (29) em decorrência de um câncer de cólon, começou por volta das 21h10, quando os telões começaram a exibir um vídeo com jogadas do Rei, inclusive o milésimo gol, acompanhado da mensagem “eterno Pelé”. Às 21h13, foi realizado uma salva de palmas ao jogador. Inicialmente previsto para durar um minuto, a salva de palmas durou quase o dobro do tempo.

Dez minutos antes, ocorreu uma homenagem a Gal Costa, que morreu no início de novembro após uma cirurgia no nariz. Um coro puxado pela cantora Thalma de Freitas e acompanhado por outros artistas do showOutra Vez Cantar cantou a música Divino Maravilhoso. Sucesso de Gal, a canção tem como refrão um pedido para aproveitar a vida: “É preciso estar atento e forte. Não temos tempo de temer a morte.”

Com direção musical de Danial Ganjaman, o showOutra Vez Cantar começou por volta das 19h40 e teve a participação de Alessandra Leão, Chico César, Geraldo Azevedo, Fernanda Takai, Francisco El Hombre e Luê, Johnny Hooker, Lirinha, Marcelo Jeneci, Odair José, Otto, Paulo Miklos, Tulipa Ruiz e Thalma de Freitas.

Publicidade

Por volta das 20h55, um imprevisto quase comprometeu o fim da apresentação. Uma pane provocou o corte de som por cerca de dez minutos. Nesse tempo, o público não se desanimou e cantou o restante da música que estava sendo executada. Enquanto o problema era resolvido, a banda interagia com o público, que acompanhou os pedidos dos músicos.

Neste momento, ocorre o showAmanhã vai ser outro dia, com direção musical de Itamar Assiere. A apresentação, que começou com cerca de 20 minutos de atraso, reúne Aline Calixto, Fernanda Abreu, Jards Macalé, Maria Rita, Martinho da Vila, Paula Lima, Leoni, Renegado, Rogéria Holtz, Teresa Cristina, Romero Ferro, Zélia Duncan e Delacruz.

Expectativa

Os participantes do Festival do Futuro aguardam com ansiedade o discurso do novo presidente, que comparecerá à celebração artística e cultural. Inicialmente previsto para as 20h, o discurso atrasou. A chegada de Lula agora está prevista para as 22h30.

Publicidade

Antes do festival, Lula participa de recepção a chefes de Estado e de Governo e a delegações estrangeiras no Itamaraty. O evento estava previsto para começar por volta das 18h, mas a cerimônia de posse dos ministros e de revogação de decretos no Palácio do Planalto atrasou, afetando o cronograma. O presidente só chegou ao Ministério das Relações Exteriores por volta das 21h.

Siga o portal Grajaú News no Google Notícias e no Canal do Telegram.

#grajaunews @grajaunews #grajau #saopaulo

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE