Siga-nos nas Redes Sociais


Tecnologia

Fast Shop fica fora do ar após ataque cibernético

Publicado

dia:

Imagem de: Busca por

A varejista Fast Shop supostamente sofreu um ataque cibernético nesta quarta-feira (22), o que deixou o aplicativo e a loja online da companhia fora do ar. Além disso, a ação de criminosos virtuais também afetou o perfil do Twitter da plataforma de e-commerce.

Na rede social, a conta oficial da Fast Shop fez publicações indicando que os cibercriminosos conseguiram acessar serviços de nuvem da empresa em plataformas como AWS, Azure, GitLab e IBM. As informações publicadas no perfil apontam que dados de funcionários e clientes teriam sido interceptados, bem como código-fonte da plataforma de comércio eletrônico.

As postagens no Twitter também dizem que a loja online ficará fechada até dia 26, com pedidos adiados até dia 27. O grupo também disse que está disposto a negociar para evitar o vazamento de informações.

Até o momento, a empresa não comentou oficialmente sobre o assunto e o ataque não foi confirmado. No entanto, na manhã desta quinta (23), a loja online e o aplicativo da Fast Shop seguiam fora do ar.

Ativa no Brasil desde os anos 80, a Fast Shop é conhecida pelos fãs de tecnologia pela comercialização de eletrônicos, incluindo produtos como os consoles de nova geração, o PS5 e o Xbox Series X e S. O suposto ataque ocorre em um momento crítico para a empresa, que recentemente anunciou uma reformulação em seus negócios online para adotar novas tecnologias como realidade aumentada e inteligência artificial.

O TecMundo tentou contato com a Fast Shop para buscar esclarecimentos sobre o caso, mas ainda não obteve resposta. A notícia será atualizada com desdobramentos sobre a situação.

Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS