Siga-nos nas Redes Sociais


Últimas Notícias

Então é Natal… E o que você fez? Veja como criar metas para 2023

Publicado

dia:

Então é Natal... E o que você fez? Veja como criar metas para 2023


Pexels

Veja como criar metas alcançáveis para o próximo ano

Mais um ano chegando ao fim e, com ele, uma lista de metas que você talvez não tenha cumprido. Estabelecer metas que sejam alcançáveis para o próximo ano deve ser o primeiro passo para não se frustrar no final. Segundo especialistas, não adianta querer realizar algo que não seja atingível. É preciso ter os pés no chão e muita força de vontade para cumprir as metas. Para facilitar, é importante dividir esses objetivos em etapas e nada como o início de ano para ter esperança de que o próximo ciclo será melhor, especialmente quando os últimos anos não foram fáceis para ninguém devido à pandemia.

Publicidade

Entre no  canal do iG Delas no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre beleza, moda, comportamento, sexo e muito mais!

Para a professora de Psicologia da Universidade Positivo (UP) Janete Knapik, é preciso estabelecer prioridades, focar no que é mais importante e ainda acompanhar as metas ao longo do ano, porque só assim será possível mensurar os objetivos. “Faça um  checklist e detalhe como conseguir o que tanto quer. Sempre lembre que podemos arriscar, mas sem deixarmos de identificar e calcular os riscos. É importante também estar ciente de que toda escolha tem seu bônus e seu ônus”, lembra.

Parece que o tempo tem passado cada vez mais rápido, e sem um planejamento com ações concretas, a sensação é que mais um ano terminou rápido demais sem que acontecesse nada de novo. Considerando isso, a psicóloga recomenda que o primeiro passo seja escrever tudo o que se quer realizar no próximo ano. “Muito mais do que um ritual de passagem de ano, é um meio de expressar, de forma concreta, as nossas metas. Mas é importante ir além do desejo, estabelecendo o que queremos, como queremos e em que prazo, dar uma forma para os planos, apontando, também, os passos que precisam ser dados para concretizá-los”, sugere.

Publicidade

Segundo a especialista, as metas precisam ser desafiadoras para motivar a saída da inércia ou da zona de conforto, mas não podem ser inalcançáveis, muito difíceis e, sim, realizáveis, pois é preciso equilíbrio entre a ousadia e o pé no chão. “Não adianta elaborar uma lista enorme de metas e não dar conta de concretizar nada. Por isso, foque nas prioridades. Uma ou duas metas já são suficientes para representar mudanças significativas na vida. Por que então não colocar no papel só aquilo que dá conta para 2023? Afinal, temos sempre outros anos pela frente…”, reforça.

Por fim, Janete Knapik lembra do método Smart, que em inglês é um adjetivo que significa “esperto”, “inteligente” ou “astuto” ― e é o acrônimo de específico, bem focado, mensurável, possível de acompanhar, factível, relevante e temporal. Geralmente, esse método é usado no meio corporativo, mas também pode ser adotado na vida pessoal. “Portanto, na hora de fazer aquela listinha para 2023, coloque tudo no papel e se pergunte se essas metas têm foco. Tem especificidades? É possível de mensurar? É factível para o prazo de um ano? É importante? Até quando quero atingir essas metas? Dessa maneira, conseguiremos alcançar o que desejamos em 2023”, finaliza ela.

Siga o portal Grajaú News no Google Notícias e no Canal do Telegram.

Publicidade


#grajaunews @grajaunews #grajau #saopaulo

Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE