Siga-nos nas Redes Sociais


Política

Eduardo Bolsonaro pretende criar CPI para investigar pesquisas

Publicado

dia:

Eduardo Bolsonaro pretende criar CPI para investigar pesquisas

Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados 30.05.2022

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL)

O deputado federal
reeleito, Eduardo Bolsonaro
(PL-SP), afirmou nesta segunda-feira (3), através das redes sociais, que irá coletar assinaturas para criar a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito
) das empresas de pesquisas eleitorais

“Conversei com os deputados @carlosjordy e @PauloMartins10 e ainda esta semana começaremos a coletar assinaturas para a CPI dos Institutos de Pesquisa, tendo como fato determinado a discrepância não só nas intenções de votos para presidente, mas também para outros cargos”, disse o filho do presidente.

Para criação de uma CPI, é preciso ter um requerimento assinado por 1/3 do total de deputados. Além de Eduardo,  Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara
, também criticou as pesquisas eleitorais e citou regulamentação das empresas.

Na corrida presidencial, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL) disputarão o
segundo

turno

das eleições em 30 de outubro de 2022. As últimas pesquisas  Datafolha
e  Ipec
apontavam para vitória do petista com mais de 50% dos votos. Lula permaneceu na liderança, mas com 48% contra 43% do atual presidente.

A última pesquisa Datafolha indicava 50% dos votos válidos de Lula contra 36% de Bolsonaro. A pesquisa Ipec divulgou que o ex-presidente tinha 51% ante 37% do atual mandatário.

Eleições gerais 

Lula terminou com 48,43% dos votos e Bolsonaro, 43,20% após mais de 99,99% dos votos apurados
. O vencedor irá comandar o país por ao menos quatro anos, até o fim de 2026.

Bolsonaro começou a apuração em primeiro lugar e com uma vantagem de cerca de sete pontos sobre Lula
, mas o petista virou a disputa e conseguiu terminar em primeiro com uma vantagem de mais de 6 milhões de votos.

Ciro Gomes (PDT)
, que aparecia em terceiro lugar nas pesquisas, terminou em quarto, atrás da senadora Simone Tebet (MDB)
, uma das surpresas do pleito. Ciro teve 3,05% dos votos e Tebet, 4,16%. Votos brancos somaram 1,59% e nulos, 2,82%.

Entre no 
canal do Último Segundo no Telegram

e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA