Siga-nos nas Redes Sociais


Últimas Notícias

Deputados debatem se haverá redução da violência com menos armas e munições

Publicado

dia:

Busca


O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) editou um decreto que reduz o acesso da população às armas e munições, além de suspender o registro de novas armas de uso restrito de caçadores, atiradores e colecionadores.

Em painel realizado pela CNN nesta quarta-feira (4), os deputados federais Ubiratan Sanderson (PL-RS), Arlindo Chinaglia (PT-SP) e Ricardo Barros (PP-PR), comentaram se haverá redução da violência com menos acesso às armas e munições.

Publicidade

O deputado Ubiratan Sanderson se mostrou contrário a decisão do presidente Lula, e afirmou que já apresentou um Projeto de Decreto Legislativo contra essa decisão.

“Ontem, apresentei um Projeto de Decreto Legislativo (PDL) sustando esse decreto, que foi na nossa visão foi apresentado por motivo de vingança, de represália. Nas primeiras horas de governo editar um decreto contrário a lei, nós não tínhamos outra coisa a fazer se não apresentar o PDL, que a Câmara com certeza aprovará. Foi uma medida que não foi feita para trazer algo bom para a população brasileira.”

Arlindo Chinaglia divergiu de seu colega, e apontou como lógico que a circulação de mais armar gera mais violência.

Publicidade

“É uma questão de lógica: quanto mais armas circulando, a chance de haver violência aumentam, e tem casos dramáticos. Dizer que é fácil manusear armas, não é; então os acidentes aumentaram. Lula tem o poder, então não há ilegalidade de revogar qualquer decreto do presidente anterior. ”

Já Ricardo Barros afirmou que revogar o decreto de armas não ajuda no ambiente do novo governo, e que o foco de Lula deve ser pacificar o Brasil.

“Temos uma questão conceitual apenas. Aqui no Brasil as pessoas tem muros e grades nas janelas, e lá nos EUA não tem cerca e não tem grade nas janelas. Por que as pessoas não se arriscam a invadir uma casa nos EUA? Porque sabem que o morador tem uma arma. O estado não provê a segurança das pessoas lamentavelmente. Então a estatística mostrou que as mortes violentas diminuiu nos últimos anos. Acho q revogar acesso a armas não ajuda o ambiente. Lula precisa pacificar o Brasil.”

Publicidade

Fonte: CNN BRASIL

Siga o portal Grajaú News no Google Notícias e no Canal do Telegram.

#grajaunews @grajaunews #grajau #saopaulo

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE