Siga-nos nas Redes Sociais


Esportes

Corinthians sai atrás com pênalti cometido por Balbuena, mas zagueiro se redime e empata contra o Avaí

Publicado

dia:

Corinthians sai atrás com pênalti cometido por Balbuena, mas zagueiro se redime e empata contra o Avaí

Fábio Lázaro

Corinthians sai atrás com pênalti cometido por Balbuena, mas zagueiro se redime e empata contra o Avaí

Em um roteiro bastante comum no futebol, o jogador que quase foi vilão do
Corinthians

contra o Avaí, neste sábado (6), pela 21ª rodada do
Campeonato Brasileiro

, se tornou o herói do empate. E dessa vez isso ficou na conta do zagueiro Balbuena.


+ Se você pudesse naturalizar só um estrangeiro para a Seleção? Redação do LANCE! faz escolha

No estádio da Ressacada, em Santa Catarina, o defensor cometeu o pênalti que, convertido pelo atacante Bissoli, abriu o placar para o Avaí. No entanto, aos 31 minutos do segundo tempo foi o próprio zagueiro quem garantiu o empate em 1 a 1 em Florianópolis.

PRIMEIRA CHEGADA DO JOGO É CORINTIANA

Logo aos cinco minutos de jogo, o Timão chegou com certo perigo ao ataque. O lateral Rafael Ramos fez o cruzamento, e Róger Guedes subiu para cabecear. A bola foi por cima do gol.

ESQUEMA TÁTICO PREJUDICA O TIMÃO

Ainda que tenha sido o primeiro a finalizar no jogo, o Corinthians teve muitas dificuldades no primeiro tempo. A equipe começou com um esquema de jogo com Gustavo Mosquito e Róger Guedes formando uma dupla de ataque, mas ainda na etapa inicial voltou ao seu esquema tradicional, com o camisa 19 aberto pelo lado direito, e Lucas Piton, que fazia um quinto homem de defesa, passou para a ponta esquerda.

AVAÍ CRESCE E CRIA GRANDE CHANCE

Em meio às dificuldades corintianas, quem aproveitou o Avaí. que teve mais volume de jogo e transitou em velocidade ao ataque. Aos 25 minutos, Bruno Silva encontrou William Potker, que finalizou com perigo por cima do gol de Cássio.

AVAÍ ABRE O PLACAR

Quando o Avaí chegou novamente ao ataque pelo lado esquerdo, o único recurso que restou ao zagueiro Balbuena foi atropelar William Potker dentro da área.

O árbitro Wilton Pereira Sampaio assinalou o pênalti sem pensar duas vezes. A cobrança foi batida e convertida pelo atacante Bissoli para abrir o placar ao Avaí.

OFENSIVIDADE INOPERANTE

Após sofrer o gol, o Timão buscou se lançar ao ataque, insistiu em jogadas pelas pontas e cruzamentos, mas não ficou longe de criar uma grande chance de gol.

Deu empate no Sul (Foto: Roberto Zacarias / iShoot / Lancepress!)

ALTERAÇÃO NO INTERVALO SURTE EFEITO

Na volta para o segundo tempo, o técnico Vítor Pereira promoveu a entrada de Yuri Alberto no lugar de Fábio Santos. Logo no primeiro lance da etapa final, o centroavante quase marcou o seu primeiro gol com a camisa corintiana. A jogada foi bem construída por Róger Guedes, que serviu o camisa 7 que finalizou buscando o canto esquerdo de Vladimir, mas a bola foi para fora, tirando tinta da trave.

GOL DO TIMÃO É ANULADO

Aos nove minutos do segundo tempo, o Corinthians conseguiu chegar ao gol de empate, mas ele foi anulado.

Ao contrário do que aconteceu no minuto inicial do segundo tempo, dessa vez quem construiu a jogada foi Yuri Alberto, com Róger Guedes finalizando.

Yuri partiu em velocidade deixando dois marcadores para trás e serviu Guedes em ótima condução, na cara do gol, para driblar o goleiro e colocar no fundo da rede. No entanto, o impedimento foi assinalado ainda no gramado, tendo sido confirmado pela arbitragem de vídeo.

BALBUENA VAI DE VILÃO A HERÓI E EMPATA O JOGO

Com a derrota por 1 a 0, o zagueiro Balbuena era o principal vilão corintiano no jogo, principalmente pelo pênalti cometido no primeiro tempo. No entanto, em uma daquelas ironias do futebol, o Timão chegou ao empate aos 31 minutos do segundo tempo justamente com o paraguaio.

Renato Augusto, que não jogava há quase dois meses, por conta de um problema na panturrilha, voltou justamente nesta partida. O camisa 8 entrou no segundo tempo e cobrou escanteio fechado no primeiro pau, Balbuena ganhou a frente de Bressan e cabeceou para o fundo do gol.

SINALIZADORES PARALISAM O JOGO NO FINAL

Na reta final do jogo, torcedores corintianos, no setor visitante, acenderam alguns sinalizadores, o que fez com que a partida fosse paralisada durante alguns minutos pelo árbitro Wilton Pereira Sampaio.

Vale destacar que boa parte da Fiel só conseguiu entrar no estádio próximo ao fim do primeiro tempo.

VLADIMIR BRILHA NO FINAL


Nos minutos finais, o Corinthians chegou próximo ao gol da virada por duas vezes, mas em ambas parou no goleiro avaiano Vladimir. Na primeira, Renato Augusto arriscou de fora da área, buscando o ângulo direito, mas viu o arqueiro adversário voando na bola para defender. Já no último lance do jogo, Róger Guedes finalizou na entrada da área e novamente Vladimir foi buscar, dessa vez no canto.


+ Confira a tabela do Brasileirão e simule os próximos jogos


AVAÍ 1 X 1 CORINTHIANS
CAMPEONATO BRASILEIRO – 21ª RODADA

Local:
Ressacada, Florianópolis (SC)
Data e hora:
6 de agosto de 2022, às 19h
Árbitro:
Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes:
Bruno Raphael Pires (GO) e Bruno Boschilla (PR)
Árbitro de vídeo:
Daniel Nobre Bins (RS)
Público/renda:
Cartões amarelos:

Vladimir (Avaí); Fausto Vera (Corinthians)
Cartões vermelhos: –



Gols:
1-0 Bisolli (35’/1T); 1-1 Balbuena (31’/2T)

AVAÍ:
Vladimir; Kevin (Renato, 29’/1T), Bressan, Rafael Vaz e Bruno Cortéz; Raniele, Bruno Silva e Eduardo; Willian Potker, Bissoli (Paolo Guerrero, 26’/2T) e Muriqui (Lucas Ventura, 26’/2T). Técnico:
Eduardo Barroca.

CORINTHIANS:
Cássio; Rafael Ramos, Gil, Balbuena e Fábio Santos; Cantillo (Du Queiroz, 33’/2T), Roni (Renato Augusto, 20’/2T) e Giuliano (Fausto Vera, 20’/2T); Gustavo Mosquito (Ramiro, 27’/2T), Róger Guedes e Lucas Piton. Técnico:
Vítor Pereira.

Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS