Siga-nos nas Redes Sociais


Famosos

Confira curiosidades sobre Lisa Marie Presley, cantora e filha de Elvis Presley

Publicado

dia:

Busca


A cantora Lisa Marie Presley, filha da lenda da música Elvis Presley, morreu na quinta-feira (12), aos 54 anos, depois de ser levada às pressas para um hospital na área de Los Angeles, informou a mãe.

“É com o coração pesado que devo compartilhar a notícia devastadora que minha linda filha Lisa Marie nos deixou”, disse Priscilla Presley em um comunicado.

Publicidade

Lisa Marie Presley esteve, na terça-feira (10), no Globo de Ouro, ao qual ela compareceu com sua mãe para apoiar o filme “Elvis”, de Baz Luhrmann, sobre seu falecido pai.

Saiba mais sobre Lisa Marie Presley

Nascida no auge da fama de Elvis em 1968, Lisa Marie Presley cresceu sob os holofotes como filha do homem celebrado como “O Rei do Rock”.

Elvis e Priscilla Presley se separaram em 1972 quando tinha 4 anos, e ela tinha apenas 9 anos quando seu pai morreu, em 1977.

Publicidade

Logo, ela começou a atuar e experimentar drogas, o que resultou em sua mãe a mandando para uma série de escolas particulares, incluindo um internato em Ojai, Califórnia.

Mais tarde, em 2003, Presley lançou sua carreira na música com um álbum de estúdio de estreia, “To Whom It May Concern”, que alcançou o 5º lugar na parada de álbuns da Billboard 200 e recebeu o certificado ouro naquele verão.

Ela escreveu quase todas as letras do álbum e co-escreveu todas as melodias.

Publicidade

Paralelamente às suas atividades musicais, Presley foi casada quatro vezes: primeiro com o músico Danny Keough, depois com o cantor Michael Jackson, com o ator Nicolas Cage e depois com Michael Lockwood.

Ela teve quatro filhos: Riley Keough, Benjamin Keough, Harper Vivienne Ann Lockwood e Finley Aaron Love Lockwood. Em 2020, Benjamin morreu por suicídio aos 27 anos.

Em julho passado, ela registrou o segundo aniversário da morte de Keough no Instagram, compartilhando uma foto da tatuagem que fizeram em conjunto. 

Publicidade

Em setembro, Presley escreveu um ensaio para o Dia Nacional de Conscientização do Luto, no qual ela se abriu sobre a perda de seu filho.

“A vida de minhas três filhas como a conhecíamos foi completamente detonada e destruída por sua morte. Vivemos isso todos os dias”, escreveu ela.

“O luto é algo que você terá que carregar pelo resto da vida, apesar do que certas pessoas ou nossa cultura querem que acreditemos. Você não ‘supera isso’, você não ‘segue em frente’, ponto final”, disse.

Sua último publicação nas redes sociais foi sobre esse texto.

Publicidade

Fonte: CNN BRASIL

Siga o portal Grajaú News no Google Notícias e no Canal do Telegram.

#grajaunews @grajaunews #grajau #saopaulo

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE