Siga-nos nas Redes Sociais


Últimas Notícias

Como surgiu essa rivalidade? Eram rivais em vida?

Publicado

dia:

Como surgiu essa rivalidade? Eram rivais em vida?


Os dois personagens mais famosos do futebol, Pelé e Maradona nunca chegaram a se enfrentar em campo, mas a rivalidade, amizade e respeito entre os dois é uma história que merece ser contada. Nesta quinta-feira, 29, Pelé faleceu. 

Crédito: DivulgaçãoPelé e Maradona trocam camisas de Brasil e Argentina

Publicidade

Em 2020, quando Maradona morreu, Pelé o homenageou em suas redes sociais e fez questão de se referir ao argentino como amigo. “Eu perdi um grande amigo e o mundo perdeu uma lenda”, escreveu o Rei na ocasião. Alguns dias antes, no aniversário de Maradona, Pelé também o chamou de “grande amigo”.

Mas, então, de onde surgiu essa rivalidade?

Segundo Ronaldo George Helal, sociólogo e professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), que estudou a cobertura da imprensa portenha das Copas do Mundo de 1970 a 2006, disse em entrevista à BBC, “até 1998, essa rivalidade não existia. Na imprensa argentina, Pelé era tratado indiscutivelmente como o maior da história e Maradona como seu herdeiro”.

Publicidade

Helal aponta ainda que em 1982, ano da Copa do Mundo da Espanha, em que a Itália foi campeã, a rivalidade era entre Maradona e Zico, não Pelé.

Em 1990, Pelé foi colunista do jornal argentino Clarín durante a Copa do Mundo daquele ano e era apresentado no veículo de imprensa como “aquele que foi o melhor da história do futebol”.

Não se sabe ao certo quando a rivalidade entre Pelé e Maradona começou. Existe consenso que essa rivalidade foi mundialmente escancarada e teve seu auge quando a FIFA, em 2000, elegeu Pelé o melhor jogador do século XX, em votação de especialistas.

Publicidade

Naquela premiação, Maradona foi eleito o melhor na votação popular.

Inicialmente, a FIFA daria apenas o prêmio ao jogador eleito no voto popular. Porém, o presidente da federação na época, Joseph Blatter, resolveu que seria um escândalo não premiar Pelé.

A Fifa, então, decidiu criar mais um prêmio, que era o melhor jogador escolhido por um comitê de especialistas.

Publicidade

Quando Pelé foi chamado ao palco da festa para receber o prêmio, Maradona foi embora, deixando aquela grande saia-justa. “Ao receber o seu prêmio, Pelé convidou o rival para subir ao palco, mas ele havia ido embora, revoltado”, lembra o jornalista Alex Sabino, em reportagem da Folha de S. Paulo publicada em 2020.

Pelé e Maradona foram a personificação de uma das maiores rivalidades da história do Futebol, entre Brasil e Argentina. Na vida pessoal foram tão diferentes quanto dois rivais, ainda que nunca tenham brigado diretamente. Ao contrário, mostraram ambos a genialidade do futebol sul-americano e evocam cada um admiração e respeito por sua contribuição inigualável a história e à qualidade do futebol.

Siga o portal Grajaú News no Google Notícias e no Canal do Telegram.

Publicidade


#grajaunews @grajaunews #grajau #saopaulo

Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE