Siga-nos nas Redes Sociais


Últimas Notícias

Caso Helena: primo teria sido o primeiro a chegar ao local do crime – Notícias

Publicado

dia:

Caso Helena: primo teria sido o primeiro a chegar ao local do crime - Notícias


Após ter ouvido o barulho dos tiros que tiraram a vida da pequena Helena, de apenas 6 anos, em Carapicuíba, na última sexta-feira (29), um primo do pai da criança teria sido o primeiro a chegar ao local do crime.  Segundo o relato, após os disparos, ele foi avisado pela esposa que o carro baleado era do seu primo.


Ele desceu e encontrou o primo, ainda que ferido, segurando Helena no colo e gritando desesperado: “Salva a minha filha”. O familiar, então, colocou Helena e Evandro no carro que havia sido baleado e tentou levá-los para um hospital, mas o veículo não funcionou.



Outros moradores da região tentaram empurrar o carro, mas ele continuava a não funcionar. O primo da vítima seguiu para a lanchonete em que trabalha para pegar o próprio carro, mas demorou alguns momentos para achar a chave do veículo e quando voltou ao local outro vizinho já havia levado Helena para o hospital.



O homem colocou o primo no carro e o levou para o hospital. A todo momento, segundo o familiar, o pai perguntava da menina e se mantinha consciente, pedindo que salvassem a Helena a todo custo. O pai da criança passou por cirurgia e segue internado em estado estável, sem risco de morte.


Durante todo o fim de semana, agentes da Polícia Civil, Polícia Militar e Guarda Civil Municipal de Carapicuíba trabalharam em conjunto para tentar localizar o suspeito de matar Helena. Segundo informações do repórter Thiago Gardinali, da Record TV, a polícia já tem a identificação de um suspeito e segue em diligências para encontrar.


O caso foi registrado como Homicídio Consumado e Homicídio Tentado. Inicialmente, a polícia  suspeitou ser uma tentativa de assalto, mas depois de verificadas as características do crime — nada foi levado e o número alto de tiros em pouco espaço de tempo —, a hipótese de assalto é remota. A polícia segue diversas linhas de investigação, como uma possível dívida financeira. 


O caso foi registrado pelo 1° DP de Carapicuíba e é investigado pelo SHPP (Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa).


Entenda o caso


Uma menina de 6 anos morreu e o pai ficou ferido após serem baleados no bairro do Jardim Santa Rita, em Carapicuíba, na noite desta sexta-feira (29).


Segundo informações apuradas pelo repórter Maurílio Goeldner da Record TV, pai e filha chegavam em casa após terem jantado e, quando estavam entrando na garagem de casa, um suspeito passou pelo local e atirou diversas vezes contra o carro.


Alguns dos tiros acertaram a criança, que estava no banco do passageiro, e o pai, que dirigia o veículo. Após os disparos, o criminoso fugiu e não foi localizado.


Testemunhas afirmaram aos policiais que atenderam a ocorrência, que logo após ouvirem os disparos avistaram um carro prata ou cinza saindo do local rapidamente.


Segundo a polícia, equipes de resgate foram acionadas para o local e encaminharam o pai ao Serviço de Atendimento Médico Especializado de Barueri (Sameb) e a filha ao Hospital Arnaldo Figueiredo de Freitas. A repórter Marcella Terra, da Record TV, apurou que ambos foram transferidos para o Hospital Municipal de Barueri Dr. Francisco Moran, porém Helena não resistiu aos ferimentos e faleceu. O pai foi submetido a cirurgia no sábado (30), mas passa bem.


A criança foi velada e sepultada no sábado.


Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS