Siga-nos nas Redes Sociais


Tecnologia

Brasil é um dos países do mundo que menos censura na internet, aponta estudo

Publicado

dia:

Brasil é um dos países do mundo que menos censura na internet, aponta estudo


Embora tenha regras e lei na internet no Brasil, o país ainda possui uma das maiores liberdades de expressões no meio digital. Essa liberdade foi comprovada por um estudo divulgado pelo Proxyrack, onde apontou que o país está entre os 10 países que têm a menor restrição na internet em todo o mundo. Ou seja, com menos censura na internet.

Na pesquisa foram analisadas a proporção de usuários da internet em cada país, as leis de censura às quais os cidadãos estão sujeitos e as liberdades digitais concedidas aos cidadãos de cada país, pois cada uma possui suas regras próprias quanto a internet, como leis que projeto usuários e regulam grande empresa de tecnologia.

Publicidade

De acordo com o estudo, o Brasil, França, Estados Unidos, Itália, Japão, Reino Unido e Alemanha dividem o primeiro lugar quando se trata de censura, onde aponta que as nações são relativamente relaxadas quando se trata de restringir a mídia política e os sites de mídia social.

Em seguida vem a Nigéria que tem restrições em três áreas: o uso de sites de torrent, mídia política e mídia social; e o México, que é conhecido por censurar a mídia política nas vésperas das eleições e tentou restringir a comunicação anônima exigindo que as pessoas que compram telefones pré-pagos se inscrevam em um registro biométrico.

Já na pontuação de restrição da internet a China, Irã e Egito são os países com as maiores restrições à internet. O governo chines baniu seus cidadãos de sites de mídia social ocidentais, dando-lhe uma das pontuações mais baixas para o fator. O Irã já proibiu sites de mídia social ocidentais e restringe fortemente o acesso dos cidadãos à mídia política, enquanto que o Egito tem uma proporção relativamente baixa de cidadãos que usam a internet, classificando-se entre os cinco últimos neste fator.

Publicidade

Além disso, o Egito está entre os cinco últimos em liberdades na Internet, já que o governo egípcio é conhecido por prender jornalistas e ativistas de direitos humanos por suas ações online.

Metodologia de pesquisa

Toda a análise feita pelo Proxyrack está disponível para acesso. Na pesquisa foram analisados os seguintes fatores:

  • Liberdade na Internet: pontuação total (de 100) para a liberdade na internet de cada país, de acordo com a Freedom House.
  • Número de pessoas on-line por 100.000 habitantes: número total de pessoas em cada país por 100.000 da população, de acordo com Statista.
  • Restrições de mídia social: países que proibiram ou restringiram fortemente as mídias sociais, de acordo com a Comparitech.
  • Censura: pontuação total de cada país referentes a fatores como proibição e restrição de torrents, pornografia, mídia política, redes sociais, VPNs e aplicativos de mensagens e VoIP de acordo com a Comparitech.
  • População: a população total em cada país de acordo com a World Population Review.

Siga o portal Grajaú News no Google Notícias e no Canal do Telegram.

#grajaunews @grajaunews #grajau #saopaulo

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE