Siga-nos nas Redes Sociais


Últimas Notícias

Atacante do Celta de Vigo é condenado a quatro anos de prisão por abuso sexual

Publicado

dia:

Atacante do Celta de Vigo é condenado a quatro anos de prisão por abuso sexual

Santi Mina foi afastado da equipe, que iniciou uma investigação própria contra o atleta

Reprodução/ RC Celta

Santi Mina foi acusado de abuso ocorrido em 2017

Santi Mina, atacante do Celta de Vigo, da Espanha, foi condenado nesta quarta-feira, 04, a 4 anos de prisão após ser considerado culpado por abuso sexual. Durante o julgamento, Mina foi absolvido da acusação de estupro. A sentença veio de um tribunal em Almeria, que também determinou que o jogador fique longe da vítima por, pelo menos, 12 anos e pague uma multa de 50 mil euros (R$ 261 mil, na cotação atual). David Goldar, ex-jogador do Celta, também foi julgado e acusado de não impedir o abuso. O caso aconteceu em 2017. Uma mulher, que teria saído com Goldar, afirmou que Mina a abusou sexualmente em uma van. Após a sentença, o Celta de Vigo emitiu um comunicado dizendo que irá ‘abrir um processo disciplinar sobre o jogador Santiago Mina para elucidar suas responsabilidades de trabalho em vista desta resolução’. “Por este motivo e como medida cautelar, foi decidido retirar provisoriamente o jogador dos treinos da equipe principal, sem prejuízo de continuar a exercer as atividades indicadas pelo clube para o efeito. O RC Celta respeita o direito de defesa do jogador, mas é obrigado a tomar medidas contra aqueles eventos que prejudicam notoriamente a imagem do clube e atacam diretamente seus valores, mostrando mais uma vez sua rejeição mais absoluta ao crime definido na resolução judicial”, escreveram.

Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS