Siga-nos nas Redes Sociais


Tecnologia

Assistir a vídeos em 4K no YouTube poderá ser restrito a assinantes

Publicado

dia:

Assistir a vídeos em 4K no YouTube poderá ser restrito a assinantes

Unsplash

YouTube pode limitar vídeos em 4K

Ao que parece, o Google segue na empreitada para fazer com que os usuários assinem o YouTube Premium a qualquer custo. Não bastassem os constantes banners promovendo o serviço e os anúncios impossíveis de pular, a empresa pode ter achado um novo jeito de empurrar a versão paga do streaming: limitando a qualidade em 4K dos vídeos apenas para assinantes.

A descoberta foi compartilhada há alguns dias por um usuário do Reddit. Segundo ele, ao assistir um vídeo, percebeu que o app não deixava aumentar a qualidade para 2160p (4K) a menos que pagasse pelo YouTube Premium. Abaixo da opção, havia um link que o redirecionava para realizar o upgrade da assinatura.

Outros, contudo, afirmaram que a plataforma continuava oferecendo a qualidade sem que fosse preciso pagar. No entanto, diante da discussão, alguns questionaram se assistir um vídeo nessa resolução seria, de fato, necessário. “Honestamente, quem dá a mínima? Você não precisa de qualidade 4K”, escreveu um usuário.

É possível que o Google esteja testando a limitação em um pequeno número de usuários. Por ora, a empresa ainda não se manifestou quanto às intenções de tornar o 4K exclusivo para os assinantes do YouTube.

A companhia também não informou se vai restringir uma maior qualidade nos vídeos apenas nos celulares ou se isso poderá afetar todos os dispositivos. Ainda assim, limitar a opção apenas para quem assina o Premium poderá incomodar quem não deseja desembolsar R$ 20,90 mensalmente pelo serviço.



Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA