Siga-nos nas Redes Sociais


Curiosidades

Assembleia de São Paulo homenageará ex-ditador chileno Augusto Pinochet

Publicado

dia:

© Wikimedia Commons Pinochet comandou o Chile de 1973 a 1990 depois de 1 golpe militar orquestrado por ele

O ex-ditador chileno Augusto Pinochet (1973-1990) será homenageado na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo). A pedido do deputado estadual Frederico D’Ávila (PSL), a cerimônia será realizada em 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos.

General do Exército, Pinochet assumiu o poder no Chile depois do golpe militar de 1973, quando era Comandante em Chefe da força chilena. Com apoio dos Estados Unidos, 1 conselho foi montado e oficializou a Presidência de Pinochet em 1974.

D’Ávila, autor da homenagem, está em seu 1º mandato no Legislativo paulista. Na agenda, o deputado escreveu o nome de Pinochet como Augusto P. Ugarte, nome completo do ditador com a alcunha mais famosa abreviada.

A decisão do pesselista foi criticada nas redes sociais. Além da data comemorativa selecionada pelo deputado, os protestos no Chile foram citados.

O vizinho sul-americano enfrenta manifestações contra o governo há 1 mês. Os atos começaram pedindo o fim do aumento das passagens de metrô, mas a medida foi revogada pelo presidente Sebastián Piñera. As atenções, então, voltaram-se para o mandatário. Os manifestantes pedem melhores condições sociais e conseguiram que o governo marcasse 1 plebiscito sobre uma nova Constituição para abril de 2020.

A jornalista Daniela Lima, da Folha de S.Paulo disse que a ditadura de Pinochet perseguiu milhares de mulheres e divulgou dados sobre o período. A apresentadora do Roda Viva, da TV Cultura, também publicou 1 texto sobre “curiosidades” de Pinochet.

© Fornecido por Poder360 Jornalismo e Comunicação S/S LTDA.

O também jornalista Guga Noblat afirmou que o próximo homenageado será o ex-ditador fascista italiano Benito Mussolini. O deputado Ivan Valente (Psol-RJ) também citou Mussolini e chamou o autor da homenagem de fascista. O psolista declarou ainda que Pinochet era “corrupto, pedófilo, torturador e assassino”.

© Fornecido por Poder360 Jornalismo e Comunicação S/S LTDA.
© Fornecido por Poder360 Jornalismo e Comunicação S/S LTDA.

Publicidade
Clique e Comente

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Corrida contra o tempo! Ajude-nos!

Publicidade

Siga-nos no Facebook

Mais Lidas