Siga-nos nas Redes Sociais


Últimas Notícias

Alesp aprova aumento de salário a policiais proposto por governo Tarcísio

Publicado

dia:

Alesp aprova aumento de salário a policiais proposto por governo Tarcísio


Aumento de 20,2% foi sugerido pelo governador aos mais de 100 mil integrantes das forças estaduais de segurança, incluindo profissionais das polícias Civil, Militar, Técnico-científica, aposentados e pensionistas Divulgação/Flickr/Governo SP/Diogo Moreira/A2 FOTOGRAFIA Formatura de soldados da Polícia Militar de São Paulo em 30 de abril de 2014

A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou nesta terça-feira, 23, o projeto de lei que estabelece um reajuste médio de 20,2% no salário para as forças policiais. Entre os 94 deputados, tiveram 84 votos favoráveis e nenhum contrário. Para que fosse aprovado, o projeto de lei precisaria de 48 votos para ser aprovado. Com isso, os servidores passarão a receber as novas mensalidades a partir de julho deste ano e o impacto orçamentário será de R$ 2,5 milhões neste ano. “Estamos recuperando o poder de compra e o prestígio das carreiras dos policiais civis, militares e técnico-científicos. Mais do que ganho real para as forças de segurança do Estado, esse reajuste representa o primeiro passo de um processo de valorização dessas carreiras”, afirmou o governador Tarcísio de Freitas (Republicanos). Com um reajuste médio de 20,2%, o montante é superior à inflação acumulada entre abril de 2022 e março deste ano, de 4,65% segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA).

Publicidade

Sob iniciativa do governo do Estado de São Paulo, que enviou o texto par análise do legislativo no último dia 2 de maio, a medida reajusta os recebimentos com diferentes percentuais para cada setor da instituição, fato que pode gerar desgaste entre as corporações. As categorias de entrada na polícia foram as mais impactadas pelo aumento – soldado 2ª classe passa a receber R$ 4.8521,21 (aumento de 31,62%); escrivão 3ª classe passa a receber R$ 5.879,68, (aumento de 24,64%); policial técnico-científico 3ª classe passa a receber R$ 5.526,72, (aumento de 22,19%). Um delegado no início de carreira terá 20,7% de aumento, mas um capitão e 1º tenente terão um reajuste de 29%. Em média, delegados terão 17,9% de aumento e oficiais, 22,6% de reajuste. O impacto no orçamento estadual vai ser de R$ 2,5 bilhões em 2023. Por fim, nenhuma das emendas sugeridas pelos parlamentares foi aderida e o texto retorna ao próprio governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) para sanção.

Siga o portal Grajaú News no Google Notícias e no Canal do Telegram.

Publicidade


#grajaunews @grajaunews #grajau #saopaulo

Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE