Siga-nos nas Redes Sociais


Últimas Notícias

Aceno de Lula ao Centro anima empresários

Publicado

dia:

Aceno de Lula ao Centro anima empresários

Reprodução

Lula e Henrique Meirelles

A equipe de Luiz Inácio Lula
da Silva (PT) sinalizou que um eventual mandato petista será de Centro
. A declaração foi dada por Wellington Dias, um dos coordenadores da campanha do ex-presidente. A fala repercutiu entre empresários de diversos setores, que comemoraram o posicionamento.

No início dos atos realizados por Lula nas eleições 2022
, executivos se preocuparam com os discursos do petista na área econômica. A tensão aumentou ainda mais quando Aloizio Mercadante (PT) passou a ser cogitado como Ministro da Economia
, além dele ficar responsável pela coordenação do plano de governo.

Só que a resistência diminuiu com a confirmação de Geraldo Alckmin (PSB) como vice da chapa. O entusiasmo aumentou na última segunda-feira (19), quando Henrique Meirelles participou de um ato ao lado do ex-presidente e manifestou apoio à chapa petista.

Nesta quarta (21), Wellington conversou com o jornal O Globo e avisou que Lula terá um governo de coalizão. “Terá essa característica de centro, com forte compromisso social”, explicou. “Lula conta com o maior leque partidário de todas as eleições que disputou. Certamente a responsabilidade vai ser mais diluída entre os vários partidos que estão conosco”.

Com a chance de vitória no primeiro turno, o PT tem trabalhado para conquistar o voto útil. No início da campanha, Lula discursou para os militantes. Nesta reta final, o ex-presidente tem se esforçado para dialogar com eleitores de outros partidos e candidatos.

“O tom será esse. Vamos acenar para todos os setores democráticos. Nosso compromisso é formar uma grande aliança para mudar o país”, diz um dos coordenadores da equipe petista.

Lula quer menos PT em seu governo

O ex-presidente conversou com aliados e avisou que seu objetivo é ter um governo que agrade não apenas a esquerda. Na avaliação dele, essa é a única forma para mudar a realidade econômica do Brasil.

“PSD, União Brasil e MDB serão procurados para fazer parte do nosso projeto. Nomes do PP, Republicanos e PDT, que estão aliados aos nossos conceitos, também vão conversar conosco. Queremos uma frente ampla para governar o Brasil”, explica o coordenador.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram
e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DO MÊS