Siga-nos nas Redes Sociais


Curiosidades

6 mitos sobre o açúcar que você (talvez) não conhecia

Publicado

dia:

6 mitos sobre o açúcar que você (talvez) não conhecia

O açúcar é tido como um dos principais vilões tanto de quem busca uma alimentação saudável quanto de quem está atento ao fato que altas doses da substância podem contribuir com a ocorrência de vários problemas, como cáries, diabetes tipo 2 e o sobrepeso.

No entanto, nem tudo o que se propaga sobre esse assunto é verdade. O açúcar não se apresenta sempre com um sabor doce, e também está disponível em alimentos que devem compor uma deita completa e balanceada. Quer saber mais sobre esse assunto? Confira 6 mitos sobre o açúcar.

1. Todo tipo de açúcar é prejudicial

(Fonte Pexels)

Quando falamos em açúcar, é importante saber que ele se apresenta de várias formas: como a sacarose, compondo quase que inteiramente o famoso açúcar refinado, como a frutose e a glicose, e também na sua forma mais complexa, o carboidrato, presente em massas como o pão. O problema, na verdade, está presente no açúcar processado, pobre em nutrientes, e também em bebidas que apresentam altas doses do composto, como o refrigerante.

2. Abolir o açúcar da dieta é a melhor solução para emagrecer

(Fonte: Pexels)(Fonte: Pexels)

É um equívoco supor que o açúcar deve ser eliminado enquanto se aposta em dietas restritivas sem a orientação de um médico. Além disso, mudanças abruptas na alimentação podem ocasionar dor de cabeça, fadiga e mau humor. Em vez de banir o consumo, é mais recomendável reduzi-lo de forma gradual. As substituições também devem ser vistas com cautela: o risco de o açúcar ser substituído por um alimento mais calórico e rico em gorduras, por exemplo, pode dificultar o emagrecimento.

2. É impossível viver sem açúcar

(Fonte: Unsplash)(Fonte: Unsplash)

Por mais que em alguns momentos o desejo de devorar um doce fale mais alto, principalmente para quem está seguindo uma dieta mais restritiva por orientação médica, é possível abrir mão das guloseimas sem deixar de ser saudável e de contar com muitos alimentos saborosos. Afinal, o açúcar também está presente na frutose e amido, sendo encontrado em frutas, cereais e legumes que são essenciais para uma alimentação completa. 

3. Açúcar não traz benefícios  

(Fonte: Pexels)(Fonte: Pexels)

Enquanto há estudos que apontam o excesso do consumo de açúcar como prejudicial para a memória, também há evidências que apontam seus benefícios: além de ser uma fonte rápida de glicose e energia, o consumo moderado do nutriente é capaz de elevar os níveis de dopamina, um neurotransmissor que ajuda a promover a sensação de bem estar no cérebro. Ou seja, não se trata de ilusão, mas de um processo químico estimulado pelo consumo da substância. 

4. Substituir o açúcar por adoçante é a melhor escolha

(Fonte: Unsplash)(Fonte: Unsplash)

Utilizar o adoçante parece ser uma opção mais simples devido à baixa presença de calorias. Mas os seus efeitos não se mostram benéficos a longo prazo para quem busca perder peso. Por também ter sido associado a um maior risco de desenvolver câncer, alguns tipos de adoçantes artificiais chegaram a ser banidos nos Estados Unidos. 

5. Não vale a pena trocar o açúcar pelo melado de cana ou mel

(Fonte: Pexels)(Fonte: Pexels)

Opções que apresentam altas doses de compostos que são pouco nutritivos tem se tornado mais comuns devido ao preço mais convidativo e mesmo à falsa impressão de que se trata de uma alternativa mais saudável. Mas nem sempre isso é correto, pois podem estar diluídos e com uma maior concentração de impurezas. O melado de cana, por exemplo, é uma fonte de antioxidantes, ferro, magnésio e cobre e merece destaque. Em excesso, no entanto, ele também pode provocar problemas intestinais. 

Pesquisar por alternativas de produtos menos processados, como o melado, mel e a canela, pode fazer a diferença. Por isso, na hora de procurar por um substituto, é importante se atentar ao valor nutricional para não adquirir uma versão de menor qualidade. O açúcar mascavo, bastante comum na Índia, por exemplo, é associado como uma fonte de minerais e a um menor teor de gordura e também se mostra como uma forma de reduzir a ingestão do açúcar cristal.

Fonte: Mega Curioso

Publicidade
Publicidade

Siga-nos no Facebook

LEITORES ONLINE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA